Review | A Namorada Ideal, de Michelle Frances

Ela Ama seu filho. Ela quer sua vida.

De um lado está Laura, uma mulher casada e bem sucedida, rica e uma mãe super protetora. do outro lado está Cherry, uma jovem alpinista social, linda e ambiciosa, que vem escalando suas conquistas através de uma rede de mentiras . E no meio dessas duas mulheres está Daniel. Um jovem de boa família, bonito, rico e que em breve se tornará médico.

Enquanto Daniel vem de uma alta classe social, é satisfeito com a vida que tem e tem uma grande afeição e gratidão pelos pais, Cherry vem de Craydon, um lugar pobre onde a mãe da qual ela se envergonha ainda mora. Este é um lugar para qual ela jamais quer voltar. Ela despreza sua própria mãe, que sempre viveu com humildade e teve um emprego modesto se esforçando ao máximo para criá-la com dignidade apesar da pobreza. Mas falha miseravelmente.

Daniel está atrás de mais privacidade e à procura de um novo apartamento. Cherry trabalha na imobiliária, cujo emprego ela conseguiu com mais mentiras,contadas com a facilidade de uma sociopata. Ela é astuta, atraente, desenvolta e encantadora e logo Daniel se vê facilmente envolvido. Eles começam um relacionamento do tipo  “amor à primeira vista”, onde a mãe dele não se encaixa apesar de seus esforços,pois Cherry manipula, dissimula e move as cartas que tem a seu favor nesse jogo de poder.

Laura e Daniel sempre foram inseparáveis, muito ligados e sempre tiveram uma relação de cumplicidade e carinho como mães e filhos devem ter. Isso até a namorada chegar na vida do rapaz. Laura tenta desesperadamente cativar a moça e manter seu espaço na vida do novo casal, mas se sente imediatamente deslocada  e sente que não é bem vinda . Laura, que já não vai bem no casamento, vai também perdendo cada vez mais contato com o filho. Enquanto isso a nora vai ganhando terreno e a mãe vai tendo cada vez mais dificuldades de alertar Daniel sobre a estranha personalidade de Cherry.

Esse duelo de titãs entre sogra e nora repleto de intrigas parece o roteiro de filme. Proteção materna, ambição, paixão, rivalidade, transtorno de personalidade, mentiras e  manipulação são sempre ingredientes perfeitos para usar em uma boa trama. Tem sua parcela clichê, mas mesmo assim não deixa de envolver e manter a curiosidade do leitor.

Um best seller da autora Michelle Frances, lançado pela editora Astral Cultural. Até onde vai a rivalidade entre nora e sogra? Quem vence essa disputa? A paixão ou o amor materno? Convido vocês a descobrirem.

2 COMENTÁRIOS

    • Tomara que goste. 🙂 Como eu comentei, apesar de alguns clichês a narrativa é fluida e envolve o leitor. Gostei da leitura!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here