Review | Academia Gotham – Calamidade

Review de Academia Gotham – Calamidade, encadernado, lombada quadrada, capa cartão, papel LWC, 180 páginas, R$ 23,90, que reúne a edições #7-13 da revista Gotham Academy e Gotham Academy Endgame, escrito por Becky Cloonan e Brenden Fletcher e desenhos de Karl Kershl e Mingjue Helen Chen, lançado em outubro de 2016 pela Editora Panini.

Sinopse:

No início do semestre, Olive Silverlock retornou à Academia Gotham como uma sombra do que era. Mas, graças às novas amizades e suas aventuras detetivescas, aos poucos ela começou a se sentir completa novamente. Agora, Olive está vendo fantasmas. Uma figura espectral.

Comentário edição a edição:

Endgame: Gotham está sofrendo com o vírus do Coringa e nem os alunos da Academia Gotham estão isentos de suas consequências. Enquanto estão esperando a crise passar (e a tempestade também), Olive, Pomeline e Maps se reúnem para contar e ouvir as histórias bizarras do Coringa. Leitura satisfatória.

Edição #7: Durante a aula, Maps está distraída pensando em novos membros para seu grupo de aventuras. Ela escreve o nome do mais novo aluno da classe, Damian Wayne, porém, a caneta de pena que ela usou passa a agir de forma misteriosa e cola as mãos de Damian e Maps.

Edição #8: A tragédia familiar se abateu na vida de Olive com a morte de sua mãe. Ainda bem que ela tem um grande amigo em que pode confiar, Tristan. O problema é que Kyle e sua irmã Maps, descobrem que Tristan é um Morcego-Humano quando este foi visitar o laboratório do Dr. Langstrom em busca de uma solução.

Edição #9: Um monstro misterioso anda aterrorizando o campus da Academia Gotham e o Clube de Detetives – Maps, Olive, Pomeline e Rivera, entra em ação. Nesse meio tempo, Olive descobre alguns segredos envolvendo sua admissão no colégio.

Edição #10: Depois de capturar o lobisomen que vinha atacado o campus, é hora dos jovens detetives investigarem o suposto “fantasma” de Sybil, a mãe de Olive que morreu no Arkham. Para isso, eles participam da peça de teatral do Sr. Trent. E a verdade sonre Katherine, companheira de quarto de Maps é descoberta.

Edição #11: Olive desconfia que sua mãe ainda está viva e vivendo (ou atacando) na cidade de Gotham. Aproveitando que os alunos da Academia Gotham irão participar de um torneio de tênis, o Clube dos Detetives se preparam para investigar o suposto retorno de Calamidade. E Maps e Olive recebem uma ajuda de peso em sua investigação – Robin Vermelho.

Edição #12: Depois da partida de tênis, Kyle desapareceu. Seus colegas encontraram apenas uma pista que pode levar ao seu paradeiro, uma chave do Asilo Arkham. Pomeline, Maps e Colton vão atrás de Kyle, preso em uma das celas abandonadas. Olive continua a busca por sua mãe, supostamente viva, e acaba descobrindo a verdade.

Edição #13: É o inicio do outono. Gotham está infestada por um verdadeiro exército de Robins patrulhando suas ruas, embora as autoridades considerem suas atividades ilícitas. Na Academia Gotham, o Clube dos Detetives investigam a estranha aparição de um zumbi, e Riko Sheridan, uma das Robins, reforça a equipe. História ligada a série Guerra dos Robins.

Análise:

Após o primeiro volume que introduziu os principais personagens e o tom da série, é hora dos jovens alunos e amigos se unirem em definitivo a fim de resolverem os casos mais bizarros e inusitados da Academia Gotham. O clima de aventura, diversão e suspense, se mescla com os conflitos internos de alguns de seus estudantes. Leitura recomendada.

Por Roger

REVER GERAL
Academia Gotham - Calamidade
8,0
Colecionador de HQs Marvel desde 1981 quando comprei minha primeira HQ Heróis da TV Nº 21 pela Editora Abril e HQs DC desde 1984 quando a Abril lançou os três títulos: Super-Homem, Batman e Heróis em Ação. Durante a década de 90, por motivos pessoais, fiz uma pausa, mas retornei em 2000 lendo algumas histórias do universo Ultimate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here