1984 de GEORGE ORWELL

George Orwell não foi conhecido apenas por seus clássicos, mas também por sua visão sem igual a histórias proféticas. Talvez por seu dom de escrever dramas atemporais, Orwell sempre nos deixa saborear de um ângulo da sociedade que muitas vezes damos pouca atenção. Nessa obra, o autor a escreve em meados de 1948, sobre um futuro não muito distante que aconteceria no ano 1984.


1984 de GEORGE ORWELLEm 1984 não seria diferente, acompanhamos a história de Winston Smith, um homem que trabalha para um governo bom e justo, no qual poucas são as chances de se ver o lado negativo de seu partido, SQN. Winston é tragado por um governo que manipula minuciosamente cada detalhe no que diz respeito a influência de opinião pública a tudo que existe culturalmente. O Sistema manipula informações que chegam aos cidadãos, dedicando 24h do dia a vários setores para vigiar todas as pessoas que a compõe a ponto de reprimir, punir e até mesmo riscar do mapa, todo aquele que demonstrar contrariedade aos princípios do partido ou a qualquer marco de sua história.

O sistema é composto por 4 ministérios que alteram todo tipo de informação, seja livros históricos, revistas, jornais ou até mesmo obras de arte, alterando os originais e ganhando autoria por varias e varias invenções e conquistas no mundo. Houve uma revolução onde o atual governo começou, e nada antes disso deve ser levado em conta, pois com todas as alterações que foram feitas, fica difícil até mesmo saber em que ano se está. Utilizando de um sistema ”BiG BROTHER”, onde há varias e varias câmeras e microfones espalhadas pela cidade e dentro das casas e nas ruas, a polícia das ideias  vigia pessoas que poderiam trazer problemas reais e a riscaram do mapa antes mesmo de ganharem atenção suficiente.

Winstron mesmo com toda essa vigilância e procedimento, não acredita no que seu governo diz 24h nas teletelas mostrando o que é certo e errado. Ele consegue se lembrar de momentos antes da revolução e mandato do atual partido (Grande Irmão), lembrando também de coisas que viveu, mas por medo da opressão não compartilha isso com ninguém pois lhe renderia a morte.

Acompanhamos sua saga e desejo de encontrar alguém que assim como ele percebe o quão errado está o governo e quem sabe se juntar a uma confraria para derrubar o sistema, que por característica instiga o ódio a toda população, formando assim opiniões favoráveis ao partido.

O Fantástico do livro, não é apenas essa batalha silenciosa contra o governo, mas sim a riqueza de detalhes que o autor apresenta, e fatos que na época que o livro foi escrito, com base no presente ele imaginou um futuro diferente de sua realidade e que profeticamente ou não muitas das coisas se tornaram realidade nos dias de hoje. Muitos ensinamentos permanecem nesse livro, principalmente da liberdade de expressão que ainda temos e o modo de avaliar aqueles que nos governam.

Pra que você possa desfrutar e entender tudo isso,  somente lendo de fato tudo que o autor nos proporciona, pois ao imaginar um futuro, ele não errou muito e mesmo passados tantos anos, ainda estamos condenados a saber apenas o que nos é mostrado.

George Orwell é um autor sem igual, tenho certeza que você irá gostar desse livro. Vale a pena!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here