Thor Carniceiro de deuses

Li Thor – O Deus do Trovão #1-5, do encadernado Thor – God of Thunder: The God Butcher, com roteiro de Jason Aaron e desenhos de Esad Ribic, e tecerei breves comentários sobre as edições.

Thor Carniceiro de deuses

Edição #1: 893 D.C. na Islândia, um jovem e valente Thor celebra mais uma vitória quando encontra o corpo de um deus. Hoje, no tempo presente, Thor, Vingador e Príncipe de Asgard atende as preces de uma garota cujo planeta não possui deuses. Ao investigar o que aconteceu, encontra todas as divindades mortas. Milênios no futuro, o velho Thor, Rei de Asgard é o último deus do Reino Dourado e ainda luta por sua vida contra Gorr, o Carniceiro dos Deuses.

Edição #2: Séculos atrás, um jovem Thor escapa por pouco com vida de seu primeiro embate com Gorr, o Carniceiro dos Deuses. Hoje, o Deus do Trovão derrota um dos servos de Gorr e percebe que precisa de mais respostas, partindo para a Cidade da Onipotência, a capital dos deuses.

Edição #3: No presente, Thor recorre ao Bibliotecário em busca de informações sobre deuses desaparecidos ou mortos e se surpreende. Foi preciso até mesmo pedir ajuda a seu amigo Vingador, Homem de Ferro para encontrar a caverna em que anos atrás, ele desafia Gorr de forma arrogante.

Edição #4: No presente, Thor segue o rastro de Gorr até Cronux, o Palácio do Infinito onde Gorr mata seus Deuses do Tempo, preservando apenas um. No futuro distante, o velho Rei Thor é derrotado, e à beira da morte é surpreendido com a chegada do Thor do presente.

Edição #5: Alquebrado e à um passo do colapso, o jovem Thor é socorrido por seus colegas vikings, que ensina uma lição que Gorr jamais esqueceu. No futuro, o Rei Thor e o Poderoso Thor do presente enfrentam o exército sombrio de Gorr.

Grande arco explorando o Deus do Trovão em três momentos de sua vida, enfrentando o mesmo inimigo. Além disso, outro recurso interessante usado por Jason Aaron foi desprover a história de qualquer outro personagem asgardiano conhecido, focalizando a trama exclusivamente no próprio Thor.

Por Roger

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here