Review | Paper Girls de Brian K. Vaughan & Cliff Chiang

Nós avisamos você... jamais coma o fruto da Árvore do Conhecimento.

O Mestre Brian K. Vaughan & Cliff Chiang, presenteia seus fãs com mais uma maravilhosa e nostálgica obra. Paper Girls. Escrita em 2015 a edição vem conquistando fãs ao redor do globo e confirmando as habilidade de Brian para contar ótimas histórias. No Brasil a edição foi publicada em Março de 2017 pela Editora Devir.

Brian já possui um grande status no mundo dos quadrinhos, dadas suas habilidades, seus prêmios e obras. Parece que o escritor possui a fórmula do sucesso para contar boas histórias. Já apresentamos aqui há tempos suas obras como: Saga (Clique Aqui) e Y – O Último Homem (Clique Aqui) dois dos grande sucessos do escritor sem mencionar, Leões de Bagdá e suas participações na Marvel Comics e DC Comics.

A premissa da edição é muito simples e prática. Quatro garotas se juntam no 1º de Novembro de 1988 para entregar jornais juntas, pois a noite anterior do Halloween parece que se estendeu além do comum e pode ser perigoso. Indivíduos fantasiados, desordem e um grupo de pessoas ainda perambulam as ruas. Erin, MacKenzie, KJ e Tiffany buscam se proteger e concluir sua tarefa de forma rápida e eficiente, não fosse a obra do acaso que fizeram as garotas encontram um pequeno grupo de pessoas que não pareciam falar nenhuma língua originária terrestre e sim extraterrena.

PAPER GIRLS - BRIAN K. VAUGHAN

Conforme avança a narrativa, as quatro garotas descobrem de forma gradativa, que o mundo está prestes a acabar e seres estranhos e monstros começam a surgir aos montes. De repente tudo está de cabeça para baixo, uma caçada incessante, um mix de Thriller e Sci-Fi ao melhor estilo anos 80. Dentre tudo que pode acontecer, o impossível impera levando o grupo das quatro garotas a apuros e reflexões sobre suas vidas no auge de seus 12 anos de vida.

Vamos aos tantos pontos de destaque dessa edição. Primeiro fica fácil reparar que o tom nostálgico dos anos 80 está mais do que presente. Na própria capa reparamos as cores em destaque que remete a essa década tão icônica, tanto dos cinemas, da música e dos quadrinhos. As referências que Brian aborda ao longo da história destaca muito bem isso, nos mínimos detalhes. As reflexões das jovens de como será o futuro, as referências a grandes filmes da época, as bandas, camisetas, penteados, tudo remete e traz na memória um sentimento bom.

PAPER GIRLS - BRIAN K. VAUGHAN

Aos fãs da histórias de “Saga”, vão se sentir à-vontade já no primeiro capítulo, pois a narrativa do autor continua sendo seu ponto forte. Tudo acontece em uma velocidade razoavelmente rápida, o olho do furacão surge de repente deixando o leitor tão preso quanto as personagens. Mesmo se tratando de uma ficção onde tudo é possível, o leitor tenta adivinhar o que vai acontecer e a ansiedade toma conta.

Trocando em miúdos, é possível observar que o pano de fundo que os autores abordaram pode ser uma alusão a fase de transição das meninas de crianças para adolescente. Tudo muda, o mundo parece muito diferente do habitual, sentimentos afloram,  as responsabilidade aumentam, os perigos se tornam constantes enquanto estão sozinhas no mundo. São só elas e elas, enfrentando a vida como deve ser, desbravando o desconhecido, amadurecendo ao passo das dificuldades e descobertas. Mas claro que isso é apenas possível metáfora, onde pode despertar diferentes interpretações para variados leitores.

PAPER GIRLS - BRIAN K. VAUGHAN

A edição é muito bem editada pela Devir, a narrativa gráfica está incrível. O Traço da arte está bem próximo do que já presenciamos em SAGA (desenhada por Fiona Staples). Cliff aparentemente emula muito bem um traço que parece ser uma característica que Brian pede. Em variadas obras, utilizam de cores fortes, traços limpos e otimista. Mesmo o tom contradizendo o que nos é mostrado.

Para finalizar, vale muito a pena a leitura dessa edição. Uma história dinâmica, um grande arco que merece continuação nas terras BR. Por enquanto ainda não temos o segundo volume, mas ficaremos na torcida para que saia o quanto antes. Estamos de olho!


E Você caro leitor, conhece as obras de Brian K. Vaughan?

Comente aqui quais suas preferidas e continue aproveitando o conteúdo desse Mundo Hype. Curta, compartilhe nas redes sociais e lembre-se… faça o que for, não saia daqui!!!

PAPER GIRLS - BRIAN K. VAUGHAN

REVER GERAL
Nota
8.5
Leitor compulsivo, bebedor de café e entusiasta quando se trata de leitura. Técnico em Marketing por formação e Locutor por paixão. A minha missão declarada é te tornar um leitor tão apaixonado quanto eu. A leitura é uma fonte inesgotável de conhecimento, todo livro é interessante, basta conhecer a si mesmo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here