Review – LJA #5 – À Mercê de um Deus

LJA # 5 - À Mercê de um deus

Fala galera, vamos conversar sobre essa mensal que está saindo e que antecipa o rebirth da DC, e que por sinal está agradando e é uma oportunidade para aqueles leitores que não querem correr atrás de 40 edições para poder saber o que está acontecendo nas mensais de Liga da justiça. Vamos ao que interessa as histórias, lembrando que isso é minha opinião, e se você discordar do meu ponto de vista, comente no post para termos um debate saudável dessa edição.



LJA: Poder e Glória:

E continuando a saga de RAO, essa edição de LJA: Liga da justiça da América é uma edição onde começa a tomar forma e começamos a descobrir o verdadeiro motivo do Deus kryptoniano, aqui vemos o Superman que da edição número 1 até o meio da edição 3 estava claramente cego e dominado por RAO, mas começa a desconfiar das atitudes do mesmo.
O Batman como sempre, está com procurando provas de que RAO é só mais que se faz de bom moço, e chegou na terra querendo dominar de uma forma sutil mas se alguém não concordar mostrara quem realmente é, um ditador, mas o engraçado nessa edição é que um deus que quer paz na terra, mas não que ter outros deuses ao seu lado, um exemplo é a Mulher Maravilha que foi mandada para uma realidade onde o Olimpo está totalmente destruído, e quando o Aquaman tenta impedir os profetas de RAO de converter os habitantes de Atlântida para religião de RAO também é enviado para essa realidade.
Não podemos esquecer do Flash que de uma forma que ainda não foi explicada, está em um ano e um lugar que vimos na edição número 1, e tem que ajudar as pessoas que estavam pesquisando por que havia tantos Supermans mortos sendo puxados pela sua máquina, e o Lanterna verde está em um planeta em décadas atrás, onde pode ver o planeta Krypton antes de ser destruído, e ele está vendo um deus que governa a base da vida vital de seus seguidores para que ele possa viver mais tempo.
Mas galera é isso, essa mensal vale muito a pena por ter essas histórias da Liga, e vale o preço, sem falar nessas capas lindas que estão saindo!


CYBORG: Reflexos partidos:

Bom esse recorte que esta saindo na mensal de LJA do Cyborg não está me agradando em nada, logico que isso sou eu, mas eu acho forçado demais a forma que estão tratando os acontecimentos nesse recorte, aqui vemos um finalmente a ameaça que Cyborg estava tendo em seus sonhos chegando na terra, e já chegar destruindo tudo, impossibilitando a Liga e deixando em suas mão para resolver a situação, essas criaturas que para uma mulher misteriosa que viaja no tempo diz que tudo que está acontecendo é culpado do Silas o pai do Cyborg, que entra em um estado de autodepreciarão, e isso é chato para um momento em que o planeta está acabando e tendo essas crises, e os diálogos do Cyborg são bem inferiores ao de LJA.

Minha nota para essa mensal poderia ser maior, mas por conta desse recorte de Cyborg que está compondo ela, a nota cai bastante. Comentem o vocês acharam dessa edição aqui no post.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here