Li Batgirl #1-6, do encadernado Batgirl: The Darkest Reflection, com roteiro de Gail Simone e desenhos de Ardian Syaf, e tecerei breves comentários sobre as edições.

batgirl-1-6

Edição #1: Três anos após ser baleada pelo Coringa e ficar confinada em uma cadeira de rodas, Bárbara Gordon está de volta à ativa como Batgirl, ainda em processo de readaptação. Mas ela deve estar apta sem demora, pois um assassino serial está à solta e matando sem demora.

Edição #2: O assassino Espelho, antes um ex-agente federal. Sua esposa e filhas foram mortas num carro bomba, enquanto que ele escapou ileso. Agora ele acha que todas as pessoas salvas como um suposto milagre, devem morrer de fato.

Edição #3: Depois de duas tentativas frustradas de parar o Espelho, Batgirl tem um reencontro inesperado e decisivo com Asa Noturna.

Edição #4: Batgirl precisa deter o Espelho antes que ele faça mais vítimas, e no final, um encontro familiar inesperado.

Edição #5: Enquanto Bárbara tem de lidar com o repentino retorno de sua mãe, a Batgirl tem uma nova inimiga, Gretel. Mais do que uma exímia e forte lutadora, Gretel usa outra arma ainda mais poderosa, um gatilho hipnótico relacionado ao número 338.

Edição #6: Depois de descobrir a identidade e o passado de Gretel, bem como sua ligação com o número 338, Batgirl conta com a ajuda do Batman para deter a lunática assassina.

Estreia da batgirl na iniciativa Os Novos 52, um primeiro arco com vilões novos e bem introduzidos, especialmente porque são inimigos cujo passado e motivação estão intimamente ligados à vida da própria heroína.

Por Roger

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here