X-MEN O CISMA - MULTIVERSO NEWS

“Não é uma briga, é um desentendimento. Um desentendimento profundo, sim.. Mas, ainda assim, nada além isso. Acompanhe um, fique com o outro… Ou siga seu próprio rumo. Mas queremos que todos façam o que julgaram melhor. Por que é uma questão de ideologia.”

Jason Aaron, Kieron Gillen, Carlos Pacheco e Frank Cho nos apresenta X-MEN – O CISMA. A história teve sua publicação original entre 2011/2012, porém a Editora Salvat nos traz o compilado com alguns capitulos + epilogo em uma graphic novels de qualidade. Essa edição corresponde a edição 94 da coleção, entre os clássicos
e atuais, número 72 na lombada.

Alguns acontecimentos anteriores a essa saga nos traz até esse ponto importantíssimos dos mutunas. Com praticamente 200 mutantes restantes no mundo, Scott Summers os lidera em seu novo lar, a ilha de Utopia. Após um atentado em uma conferência, o ódio passa a reinar no mundo novamente contra os mutantes. O mundo prova de um jeito ostil que nunca confiaram nos mutantes como eles mesmos acharam. Uma nova ameaça mas já bastante conhecida se ergue novamente só que desta vez o Clube do Inferno está sob nova direção. X-MEN O CISMA - MULTIVERSO NEWSPor mais que o tema vilanesco da edição seja interessante, ela serve apenas para desenvolver o conflito principal da edição, que é o confronto de dois grandes ícones mutantes Logan (Wolverine) e Scott Summers (Ciclope).

Ambos se preocupam com a lição deixada por Xavier sobre a sobrevivência da raça e o quão importante é provar para o mundo que o Homo Superior podem viver entre os humanos comuns. Em meio grandes questões que não necessariamente se separam por serem certas e erradas, mas sim uma visão de pontos diferentes. Ambos tem razão, mas o que fica claro é que o fim nunca pode justificar os meios, e a postura de Wolverine nos surpreende por vários fatores. Como tratar crianças mutantes como meros soldados da causa, como não trata-los, tudo isso fica evidente a todo momento e o limite do amadurecimento aparece em vários momentos. X-MEN O CISMA - MULTIVERSO NEWS


Acho que já falei isso aqui e em outros posts que fiz, sobre não ser tão simpático em relação aos X-men. Mas, acredito que tudo é coisa de momento, absorver o que de melhor a história pode mostrar vai muito da sua disposição e paz de espírito pra realmente aproveitar tudo que os autores desejam passar. Eu fiquei um tempo ser ler quadrinhos de super-heróis, pois achei que estava tudo muito previsível, e esse tempo me fez voltar a querer le-los. O nome dessa edição O CISMA na minha cabeça era de um significado diferente, procurei seu significado real e vi o quanto tem haver com tudo que foi apresentado.

Sig. falta de acordo diante de um assunto que resulta na separação de uma pessoa ou grupo de pessoas de uma organização, geralmente religiosa: Cisma além de mostrar as divergências entre um líder em questões de autoridade, nos remete ao grande momento histórico da igreja católica que dividiu cristãos católicos e cristãos ortodoxos. Praticamente uma fuga das doutrinas da igreja onde não aceitariam mais serem dirigidos pelo papa.

X-MEN O CISMA - MULTIVERSO NEWSE basicamente vemos muito isso nessa edição, o “Papa” Scott, de um lado e Wolverine de outro, não querendo fazer mais parte da nova filosofia do líder. Grandes outros grupos de heróis já sofreram suas sições como Liga da Justiça ou Vingadores e essa por menor que seja é uma que merece sua atenção. 

Os vilões conseguem se sobressair, justamente por essa falta conectividade entre os mutantes, o conflito interno se torna o verdadeiro ponto fraco dos mutunas. Além de tudo que a edição pode apresentar de bom, temos alguns capitulos com a arte sensacional que me lembrou bastante Steven McNiven em Guerra Civil e Velho Logan. Além de tudo, gosto das histórias de Jason Aaron como em Justiceiro – Rei do Crime e suas sequencias, e o Thor – O Carniceiro dos Deuses e sua continuação, na Nova Marvel, ”que pra mim foi a melhor história do Deus do trovão que já li”. A cereja do bolo fica por conta do epílogo em que traz uma metáfora de combate por sobrevivência, cinicamente apresentados como Neandertal onde deixa nas entrelinhas que mesmo considerados Homo Superior, quando se trata de convivência todos são mais do que iguais. Não sei se sou o único que pensa assim, mas, dada as atitudes do Ciclope, fica difícil simpatizar com o cara. Agora preciso que você leia essa edição e comente aqui nesse post. Qual dos lados você acha o mais coerente? #teamlogan #teamsummers. Curta, comente e compartilhe, não saia desse Multiverso.

X-MEN O CISMA - MULTIVERSO NEWS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here