Relembrando Animes – Fly, O Pequeno Guerreiro

Dragon Quest é uma série de jogos de RPG produzido pela Enix, lançado em 1986 e desenhado por Akira Toryama (de Dragon Ball). No Japão é um dos jogos mais conhecido e vendido da categoria.

Mas o que esse jogo tem a ver com o nosso Relembrando Animes de hoje!? A resposta é: tudo.
Dragon Quest: Dai no Daiboken, ou como é chamado no Brasil, Fly, O Pequeno Guerreiro foi inspirado na franquia de jogos citado.

Fly foi lançado em mangá em 1991 na famosa revista Shonen Jump. Em 1992, ganhou sua versão em anime pela Toei Animation. O Mangá tem 32 edições, já a animação vai só até o volume 10 do mangá, com 46 episódios mas sem final, alguns falam que isso aconteceu por razões orçamentais, outros que a Toei e a Shonen Jump tiveram um desentendimento e por isso, não teve como concluir o anime. Aqui no Brasil, Fly, O Pequeno Guerreiro chegou em 1996 e foi transmitido aos sábados pelo SBT (passei uma boa parte da infância acordando antes das 7 horas da manhã aos sábados só para assistir Fly e Guerreiras mágicas).

O Anime conta a história de Fly (claro), um garoto orfão que foi encontrado por um monstro chamado Blass, que passa a cria-lo como se fosse um neto, junto com eles vive Gome, uma criatura amarela que parece uma gotinha. Quando Gome é sequestrado, Fly parte em busca de seu amigo em sua primeira missão. Após isso, ele recebe a visita da princesa do Reino de Papunika, Leona. Porém, alguns súditos traidores queriam matar a Princesa e possuir o trono de seu pai. Fly tenta enfrentá-los e neste momento, descobre-se uma marca em sua testa, que
aparece quando ele fica nervoso, liberando um misterioso poder, a famosa Marca do Dragão.

O garoto recebe uma adaga de presente de Leona em agradecimento por ter salvo a sua vida e logo aparece um outro visitante, o lendário Avan, um corajoso guerreiro que foi à Delmlin a mando do Rei para transformar o jovem num verdadeiro herói. Em meio a sua jornada, Fly faz amizade com dois aprendizes de Avan, além de enfrentar muitos monstros, até um que diz ser seu pai. Infelizmente, na melhor parte da história, o anime acaba.

Por ser baseado em um RPG, Fly mantém muitas características desses jogos. Magias de ataque, cura e
defesa são algumas amostras disso. Sem falar que o anime ainda conta com a presença de vários monstros e personagens que aparecem em diversas versões dos jogos. O Nome do Anime “Dai no Daiboken” siginifica: A Grande Aventura de Dai. Ou seja, Fly se chama Dai na versão japonesa.

A primeira série com o nome Dragon Quest, entitulada Dragon Quest: Abel
Yuusha surgiu em 1989, sendo produzida pela NAS em parceria com a Tv
Fuji. O Anime também não emplacou, durando apenas 32 episódios. E esse anime chegou ao Brasil, mas foi lançado direto para o mercado de vídeo. O título em português também não
ajudou muito para que fosse reconhecido por qualquer fã de Dragon
Quest, o Nome da série foi alterado para Dragon Boy.

Aqui no Brasil, o desenho foi muito comparado a Dragon Ball e apesar de Akira Toryama desenhar os jogos, os mangás e o anime ganharam os traços de Koji Inada, mas como são inspirados no RPG, impossível não ter muitas semelhanças.

Com certeza esse foi um desenho que marcou a vida de quem cresceu nos anos 90, com uma história muito cativante e uma abertura marcante. Se você é fã de animes e de RPG, corre assistir Fly porque mesmo sem final, vale a pena.

Reação
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
COMPARTILHAR
Fanática por Star Wars e apaixonada por cultura nerd, adoro desenhos animados, Hqs, mangás, filmes, séries e tudo mais desse universo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here