Review | Ultimate Homem Aranha: Quem é Miles Morales?

COM O GRANDES PODERES, VEM GRANDES RESPONSABILIDADES... SEMPRE!!!

Os fãs da Marvel já que conhecem a linha Ultimate sabe de sua qualidade. Iniciada em 2001, o selo busca apresentar os personagens Marvel de uma forma contemporânea e mais próxima ao novo leitor. Histórias incríveis como OS SUPREMOS apresentam o que de melhor podem fazer. Dessa vez o Mundo Hype apresentará a brilhante história de Miles Morales,  um compilado da Editora Salvat que reúne a origem do novo Homem Aranha substituto de Peter Parker.

Acompanhando os últimos acontecimentos de Ultimate Homem Aranha – A Morte de Peter Parker (Leia nosso review clicando aqui), assim como sugere o título, a morte do personagem significou muito para esse universo em construção. A missão de Peter mesmo em outros arcos, sempre foi proteger seus próximos, a população de Nova York e sua identidade secreta. Sua morte representou o limite da vilania de Duende Verde resultando em uma catástrofe para seus próximos, pois Peter morreu sendo reconhecido como Peter Parker e não apenas como o “Amigão da Vizinhança”. 
Por lado o escritor Brian M. Bendis, procura apresentar de forma orgânica e menos forçada o dia a dia do garoto pobre de NY chamado Miles Morales. Diferente do Aranha convencional, Miles mora com seus pais e tem uma vida aparentemente normal, difícil pelas condições financeiras, mas normal na medida do possível. Por mais que a história triste de Peter tenha influenciado diretamente sua transformação a super-herói, Bendis prova que essa não é o único meio de formação de carácter de um personagem. Dotado de muitas questões que assombrariam qualquer mero mortal, Miles Morales carrega uma carga enorme de dúvidas sobre quem ser, o que representar e como atuar com esses novos poderes. 
O núcleo de uma família simples e preocupada com o futuro do pequeno Miles de apenas 13 anos, ajuda o personagem a desenvolver questões morais muito interessantes, como seus poderes facilitariam as coisas pra que ele mesmo tenha uma vida melhor e em contrapartida, os ensinamentos de seu pai de como não devemos fazer apenas o certo, mas também não se deixar seduzir pela facilidade do crime.
Ao longo da edição o leitor percebe facilmente o quanto a morte de Peter de apenas 16 anos influenciou tanto Miles, a ponto de querer substituir o Homem Aranha, provando que ele não apenas era um herói, mas também um simbolo a ser seguido. A edição de modo prático apresenta questões sobre o preconceito e o crime que seduz grande parte de uma sociedade que se vê sem esperança de um futuro melhor, encontrando no crime a única oportunidade de progredir na vida. 

 

O roteiro de Brian Michael Bendis é muito bem escrito, a narrativa gráfica é excepcional e traz sentimentos a cada quadro. A arte de Sara Pichelli também é destaque na edição e chama atenção pelo traço e cores beirando a naturalidade.
O único problema dessa edição da Salvat, é assim como alguns arcos apresentados na coleção, é apenas uma pincelada no título. A vontade involuntária de querer saber mais, instiga o leitor, mas seja provável que a coleção de capa preta não apresentará a continuação, só resta buscar o decorrer dessa história na coleção da editora especialmente sobre o Homem Aranha, ou recorrer a outra editora. Seria ótimo ter uma edição Deluxe, assim como Os Supremos, que trouxesse mais de Miles Morales e todo esse novo universo!
Você leitor de Homem Aranha, não pode perder nossos reviews, indicações, críticas e noticias desse personagem tão adorado pela maioria. Clique aqui e leia algumas matérias sobre o Amigão da Vizinhança!
ULTIMATE HOMEM ARANHA - QUEM É MILES MORALES?
SHARE

Leitor compulsivo, bebedor de café e entusiasta quando se trata de leitura. Técnico em Marketing por formação e Locutor por paixão.
A minha missão declarada é te tornar um leitor tão apaixonado quanto eu.
A leitura é uma fonte inesgotável de conhecimento, todo livro é interessante, basta conhecer a si mesmo!

Últimos Reviews