Os melhores quadrinhos do Coringa para curtir depois do filme

Mesmo que você tenha adorado ou não do filme, Coringa é uma daquelas películas que está dando mais para falar ultimamente. Ao longo da história do personagem, tivemos no cinema, na televisão e nos quadrinhos várias abordagens. Às vezes mais sério e psicótico, outras vezes um palhaço … mas quase sempre colocando o Batman em problemas. Hoje no Mundo Hype, revisaremos os doze melhores quadrinhos do Coringa para ler se você gostou ou não do filme de Todd Phillips.

Batman: Cavaleiro Branco

Um das últimas HQs que traz o Coringa numa abordagem que, embora não seja totalmente nova, dá à narrativa um entorno de um Batman que passa dos limites e do seu arquiinimigo recuperando a sanidade e se tornando o salvador de Gotham tanto socialmente, quanto politicamente. Sean Murphy mostra um dinamismo ímpar para a redenção do principal antagonista do Cavaleiro das Trevas. Algo que JM De Matteis já fez meio que parecido, em De Volta à Sanidade, o Coringa vence o Batman e sem o herói, Joker decide se tornar um bom cidadão da sociedade.

Gotham – Alvos Fáceis

A premiada série Gotham Central de Ed Brubaker e Greg Rucka nos leva às histórias pessoais e profissionais de personagens tão próximos da nossa realidade, a força policial de Gotham. Como se não bastasse lidar com a violência e a corrupção de uma cidade infestada pelo crime, temos ainda criminosos insanos e cruéis e um vigilante decidido a jogar pelas próprias regras.Nesse arco temos o Coringa dando de atirador de elite, aterrorizando a cidade no Natal, executando pessoas aleatoriamente com um rifle. E ninguém, do prefeito ao cidadão mais comum, está a salvo!

Batman Morte em Família

Jim Starlin e Jim Aparo trouxeram o destino, decidido pelos leitores da DC, de Jason Todd, semelhante ao que ocorrerá com a série. Uma história em quadrinhos que nos leva ao Oriente Médio, com o Coringa se aliando aos líderes iranianos e com a infeliz coincidência de encontrar um Jason Todd afastado da Batfamily.

O regresso do Coringa

Marv Wolfman sequencia Morte em Família (A Death in the Family). Quando um juiz é encontrado enforcado, o comissário Gordon suspeita que é trabalho do Coringa, o que significa que o vilão voltou. No entanto, nem tudo é o que parece numa HQ cheia de ação com uma equipe criativa em sua melhor forma.

A Piada Mortal

Recentemente, a abordagem perturbada do Coringa de Alan Moore foi alvo de uma grande controvérsia, a maneira que o vilão deixa Barbara Gordon paraplégica e, aparentemente, violá-la foi debatida em relação ao machismo e estupro como recurso de enredo. Se o palhaço fez ou não, há quem acredite até que o comissário Gordon também foi violado, mas A Piada Mortal continua sendo um dos grandes enigmas dos quadrinhos.

Coringa de Brian Azzarello

Brian Azzarello e Lee Bermejo desenvolvem uma narrativa noir que se inicia quando o Coringa consegue alta do Arkham, ele precisa reconquistar seu território e lembrar a todos quem é realmente o dono da cidade. Mostrando o ponto de vista do submundo dos vilões, Brian inova e lança um novo olhar sobre Gotham City.

O Homem que Ri

Ed Brubaker, em O Homem que ri, une com Doug Mahnke para viajar ao passado de Batman e mostrar a primeira atuação do Coringa na cidade, dando profundidade no primeiro número de Batman que introduziu o vilão.

Asilo Arkham

Grant Morrison sempre disse que, graças ao sucesso desse quadrinho, teve dinheiro suficiente para gastar em drogas … como se não suspeitássemos que antes desse trabalho ele já os consumisse. Brincadeiras à parte, o inglês faz uma narrativa em que o Batman é forçado a entrar no Asilo após um tumulto, onde liderados pelo Coringa, os pacientes do Arkham – Duas-Caras, Chapeleiro Louco, Crocodilo, Cara de Barro, Espantalho e muitos outros – dominam as dependências do lugar e tomam como reféns seus empregados.

Coringa, o advogado do diabo

Nos anos 1990 tivemos essa HQ, onde o prolífico Chuck Dixon com a parceria de Graham Nolan, traz uma história que o Coringa vai ser executado por um crime que talvez não tenha cometido. Somente o Batman pode provar a verdade e a inocência, quem está por trás do crime. Será que Batman deve salvar a vida deste louco?

Batman: Fim de Jogo

Durante a linha The New 52, ​​Scott Snyder faria um Coringa de aparência um pouco diferente, mas que causaria estragos no recém-reformado universo do Batman. Celbra os 75 anos da rixa entre o Batman e o Coringa. O Palhaço deixa de brincadeiras e quer fazer algo diferente, se vingar por tudo que passou e ganhar um novo aspecto.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here