O que o Impeachment afeta ao nosso mundo nerd?

Impeachment afeta ao nosso mundo nerd

Impeachment afeta ao nosso mundo nerdO que diabos isso tem a ver comigo? Deve ser o que muitos nerds estão se perguntando logo após o exaustivo dia de votações dos deputados brasileiros que com 367 votos foram a favor para a admissão do processo de Impeachment da presidente Dilma, do PT, e agora o mesmo processo vai para o Senado no dia de hoje e assim se encaminha uma troca de governo para todo o país.

Porém, muitos esperam uma mudança radical a ponto de ver edições da Salvat custando R$ 19,90 todas as edições e com edições Deluxes à R$ 30,00. Mas nerds, isso não irá acontecer de forma rápida e muito menos de forma tão radical.

Como diz a Exame:

[…] O primeiro desafio é ajustar as contas públicas. O país deve ter em 2016 seu terceiro ano seguido de déficit primário na casa de 1% do PIB e precisaria pular para um superávit de 2% para começar a estabilizar a dívida pública.


Isso exigiria uma reversão de uma magnitude inédita no país. Nem os grandes ajustes fiscais dos últimos tempos (FHC em 1999 e Lula em 2003) chegaram nestas proporções, e isso em com condições políticas imensamente melhores do que as atuais.


Nessa situação, Temer poderia tentar um aumento de receita de curto prazo (complicado após a campanha pública contra a CPMF), mas teria que focar em medidas mais profundas para reverter rapidamente o clima.


Mudanças nas concessões e em marcos regulatórios também podem estar na agenda, assim como os tetos para gastos de que vem falando o atual ministro Nelson Barbosa.


Afrouxar as vinculações orçamentárias, rever a política do salário mínimo e reformar a Previdência são algumas apostas de Schwartsman.


“Temer tem que reconstruir uma coalizão. É um cara com mais experiência e jogo de cintura, mais capaz de construir isso do que Dilma, que era extraordinariamente incompetente e tinha um programa que o próprio partido não bancava”, diz ele. […]

Logo, se tudo acontecer como é apontado, o próximo governo comandado pelo PMDB terá que ajustar muitas coisas, fora ter que lidar com os processos de impeachment que sofrerão em seguida por Michel Temer. Porque afinal, ele não é um cara limpo também.

O Mercado estava bem otimista pois sabia que as mudanças que poderiam vir para melhorar os investimentos, principalmente do exterior, não seriam feitos pelo Governo Dilma, porém, a situação ficou pior quando Lula foi anunciado como Ministro. A instabilidade das decisões tomadas pela mandatária fez com que os investidores ficassem incertos, o que fez o dólar subir e a bolsa cair. Mas o inverso aconteceu depois de Lula ficar impossibilitado de exercer o seu ministério e com a votação do Impeachment sendo marcada para este último domingo (17).

Impeachment afeta ao nosso mundo nerd

Mas segundo a Exame, também, hoje a situação é a seguinte:

[…] “Do ponto de vista de mercado, não dá para esperar nada além de comemoração, com dólar para baixo e Banco Central recomprando swap para se livrar se sua exposição”, diz Alexandre Schwartsman, ex-diretor de Assuntos Internacionais do BC.


O dólar começou o dia caindo mas voltou a subir com o anúncio de leilão do BC. Os contratos de juros futuros apresentam queda, mas a bolsa está instável. […]

Ainda estamos especulando, porém, se o dólar abaixar o seu valor ante o Real, as perspectivas serão ótimas para todos os nerds, já que a maioria dos produtos consumidos por nós são importados. Como algumas Graphic Novels, Actions Figures e principalmente jogos de consoles que tem um valor bem salgado e com o governo ainda não investindo o suficiente para desenvolvedores e estúdios nacionais, e também, a logística interna de nosso país ainda é muito é precária, chegando a ser ainda colonial. Trazendo nada de melhorias para os preços de produtos nacionais, já que a distribuição é cheia de problemas como grandes nomes da Revista Mundo dos Super-Heróis e da Panini disseram no Festival Guia dos Quadrinhos (Dias 9 e 10).

O Impeachment será a solução para o nosso país? Não, mas é parte dela.

Temer não é flor que se cheire, assim como todo o governo PT. Cunha também não é, porém já é um passo para a luta de todo o povo em tirar ao menos a maioria dos corruptos do governo e colocar um outro governo que seja eleito e mais perto de honesto possível.

Porém, algo muito interessante com toda essa situação estrá acontecendo, que são as inspirações para a cultura nerd. A Netflix anunciou que fará uma série, com José Padilha no comando e com seu fiel escudeiro Wagner Moura sendo especulado no papel de Aécio Neves na obra que se baseará na Operação Lava-Jato. Fora os rumores de House Of Cards trazer uma ponta da tensão política que ocorre no Brasil.

As tramas políticas e as crises na segurança do EUA inspiraram grandes trhillers políticos como Soldado Invernal e o vindouro Guerra Civil, este último que traz de modo mais aprofundado ainda em suas HQ’s, e uma grande parte da trama de Batman vs Superman também. E isso, citando aqui também o melhor filme nacional em minha opinião que trata sobre isso, Tropa de Elite 2.

Impeachment afeta ao nosso mundo nerd

Desânimo?

Sai um corrupto e entra outro igualmente corrupto? Chega a desanimar? Pois lembre-se do Capitão América e SHIELD que derrubam uma cabeça da Hydra e outros surgem para tomar o seu lugar e com planos mais audaciosos. Pense no Superman, que confia na política porém passa por grandiosos dilemas ao confrontar Lex Luthor como seu presidente. O mal irá sempre estar em nossos dias até o Dia Final, entretanto a nossa luta não pode murchar.

Ontem, um grande passo para um governo manchado sair foi tomado. Em breve, o outro governo será tirado também. E muitas aquisições que tínhamos mensalmente ano passado, este ano se tornaram pesados e abandonados por causa da situação econômica. Porém, a situação está se encaminhando para um final feliz – ou algo próximo disso – em breve ou em longo prazo. Entretanto a nossa caminhada árdua não pode minguar.

Mas queremos ouvir a opinião de cada um de vocês. Nos digam na área de comentários abaixo!