“Duas garotas. Um rapaz. Três vozes que explodem nas páginas em capítulos curtos, afiados e hipnotizantes, e que espiralam vertiginosamente em direção a algo terrível, complicado e extraordinário.” – Teen Vogue

Wink Poppy Midnight é um daqueles livros que o suspense, a fantasia e os temas que fizeram Os Goonies e Stranger Things o sucesso que são, um thriller embalado numa atmosfera sombria e uma história fantástica que mergulha o leitor no universo criado pela autora April Genevieve Tucholke.

A narrativa traz três jovens envoltos numa rede de mistérios. A ruiva Wink, uma menina misteriosa e meio esquisita, que parece habitar um mundo onde não se distingue ficção de realidade. Poppy, a típica garota malvada, arrogante e manipuladora, loira e bonita, ela não poupa ninguém de sua crueldade. E Midnight é um menino inseguro, doce e meio ingênuo, completamente apaixonado – e manipulado. Os três protagonistas narram a história, que se alterna entre seus pontos de vista em capítulos bem curtinhos, deixando o leitor em dúvida sobre quem está de fato falando a verdade. Viciada em histórias de ficção, Wink tem certeza de que Midnight é o herói e Poppy é a vilã da trama que acaba envolvendo o trio. Mas nem tudo é o que parece.

Com uma capa que chama a atenção, Wink Poppy Midnight traz um tema provocativo e um segredo que mexe muito com o que temos atualmente visto em sala de aula e nas ruas de nosso Brasil. Já está na minha lista de aquisições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here