A Novo Século é uma editora que abriu portas para os novos autores brasileiros, criando  Coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira, que tem como objetivo descobrir autores e proporcionar a todos a chance de ter seu trabalho realmente avaliado e publicado por uma editora conceituada. Um dos mais recentes foi Kerata, o colecionador de cérebros, de Juliana R.S. Duarte.

A jovem autora no lançamento de seu livro

Kerata é o apelido dado pela mídia a um dos serial killers mais procurados do mundo, que na verdade, é um neurocientista, vítima de um desejo peculiar: matar pessoas com talentos específicos e colecionar seus cérebros. Contudo, nesta incomum e intrincada narrativa, mergulharemos no desenvolvimento dessa mente doentia, na história da família de Kerata e na vida de diversos personagens que rodeiam e influenciam, direta e indiretamente, no desdobramento de sua personalidade cruel.

De uma maneira surpreendente, de acordo com o release da editora, presente e passado se entrecruzam; com segredos perturbadores ondeja. Com isso, o leitor é condicionado a se questionar e a, quem sabe, compreender: como nasce um serial killer? Juliana traz essa obra peculiar a partir da necessidade de compartilhar sua experiência de cura gay, mas seus estudos em psicanálise e semiótica acabaram deixando a trama ainda mais interessante e complexa. Irei conferir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here