Porque o Reino Quântico é tão Estranho em Homem Formiga …

Este post contém spoilers de HOMEM-FORMIGA.

O Reino Quântico (também conhecido no universo dos quadrinhos como o Microverso) desempenha um papel importante em Homem Formiga. Não só é a razão que a Vespa original, Janet van Dyne, é agora mais por perto nos dias de hoje, mas é a razão de Hank Pym ser tão protetor com sua filha Hope.

Perto do final do filme, Scott Lang tem de ir para o Reino Quântico, a fim de salvar o dia e em um ponto o visual de sua viagem são bem psicadélicos, estranho e assustador. Há uma boa razão para isso, mas vamos ouvir o que o cabeça da Marvel Studios, Kevin Feige, tinha a dizer sobre o Reino Quântico para o LA Times.

“Sem dar spoiler, as experiências de Scott no final do filme são muito estranhas. [O Reino Quântico] é um lugar estranho, as regras normais de tempo e espaço não se aplicam.”

Observou algo sobre essa citação? Feige diz a palavra ‘estranho’ duas vezes e pode ser sua provocação para Doutor Estranho. Na verdade, Feige provocou a conexão entre o mundo quântico e Doutor Estranho para a Entertainment Weekly, caso esteja achando eu meio doido.

“Pode muito bem haver uma ligação entre o mundo quântico e realidades alternativas e universos paralelos e Doutor Estranho. O vínculo definitivo é que o mundo psicodélica da Marvel Comics dos anos 60, início dos anos 70.”

Então lá vai … No final do Homem-Formiga houve um pouco de provocação visual para o Doutor Estranho. Que caso não estejam lembrados, sai no final do ano que vem ! 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here