Bryan Singer se arrepende de não ter dirigido X-Men: O Confronto Final!

Com o lançamento de X-Men: Apocalipse, o diretor Bryan Singer manifestou seu pesar em não ter voltado para dirigir o terceiro capítulo da franquia X-Men.

O gênero de filmes de super-herói pode não ser o que nós conhecemos como hoje se não fosse o pioneirismo dos filmes X-Men de Bryan Singer. Embora ambos os filmes originais X-Men e sua sequência, X2: X-Men United (Aqui no Brasil apenas X-Men 2), receberam um monte de elogios, mas, já o terceiro filme da franquia, X-Men: O Confronto Final, recebeu menos comentários estelares dos fãs e dos críticos.

Vários fatores contribuíram para essa recepção, uma das quais foi a partida de Singer da franquia para trabalhar em Superman: O Retorno. Brett Ratner mais tarde foi selecionado para dirigir o filme no lugar de Singer, levando ao início de um período negro para a franquia. Quando perguntado sobre sua ausência em X-Men: O Confronto Final em uma entrevista com a Fandango, Singer admitiu que pode ter sido parcialmente responsável pela recepção do terceiro filme. “Eu gosto de terminar as coisas. Eu gosto de terminar esta iteração em particular. Sei que X-Men 3 foi muito apressado e eu não o concluí, e eu senti meio que como provável responsável de ter que ir fazer isso como um cineasta, e eu não o fiz.”

Apesar de ter alguns elementos agradáveis (como Kelsey Grammer como ‘Fera’ e a Ellen Page como ‘Kitty Pryde’), o filme fez várias decisões controversas, incluindo a morte de Ciclope, Jean Grey e Charles Xavier, juntamente com um quase-abate do clássico enredo da Fênix Negra. Singer foi capaz de retornar à franquia para desfazer algumas dessas decisões com o quase-reboot que o filme de 2014, X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido, mas disse que ele provavelmente não teria feito essas decisões se ele estivesse dirigindo… “Eu não poderia ter matado todos aqueles personagens. Mas isso é o que era tão divertido sobre Dias De Um Futuro Esquecido. Tivemos uma piada no set: ‘Hey Brian, você não só está dirigindo Dias De Um Futuro Esquecido – você está realmente vivendo isto!’ Eu estava indo para trás e fazendo mudanças na história [com X-Men: O Confronto Final]. Eu não culpo ninguém, inclusive a mim mesmo. Era só que as circunstâncias não permitiram que isso acontecesse.”

O último filme lançado por Bryan Singer na franquia, X-Men: Apocalipse, está nos cinemas.

Confira nossa crítica do filme!

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here