Roteiristas e Diretor falam sobre o tom do Reboot do Homem-Aranha!

USA Today conversou com John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein na estréia da direção de Vacation, os roteiristas falaram mais sobre o reinício do Homem-Aranha, agora no MCU. “Não há muito que podemos dizer, porque nós só fomos contratados”, disse Daley. Goldstein, em seguida, disse que o filme vai ser diferente do anterior, porque “O tom será realmente pés no chão, sobre um garoto de verdade que recebe esses poderes e como isso significa, um garoto bem geek e como ele lida com eles (os poderes).” “Você não se torna imediatamente um super-herói, é uma longa viagem. [Peter Parker] está gastando muito mais tempo na escola. E por isso temos tempo para desenvolver os tipo de poderes com ele e experimentar a realização do desejo. E também apenas o fato de que ele é realmente alienar a outras pessoas “.

John Francis Daley continuou, “Eu não acho que as origens da história vão ser contadas, e também acho que vamos evitar a dança emo [de Homem-Aranha 3] … tanto quanto eu adorei. “ Jonathan M. Goldstein, em seguida, explicou como Peter Parker “não é um garoto popular, ele é um pouco nerd, e ele é auto-consciente …Como estávamos na escola, por isso queremos contar esse tipo de história, e o fato de que está recebendo poderes e tornando-se o Homem-Aranha não resolve seus problemas “. Voltando para o Daley, ele acrescenta: “Porque ele tem que manter um segredo de todos, por isso tudo se torna pior para ele.”

Enquanto isso, o novo diretor do Homem-Aranha, Jon Watts, também falou mais sobre a reinicialização durante sua conversa com o The Daily Beast. Além de revelar que ele uma vez viu as filmagens do filme original do Homem-Aranha do Sam Raimi na ponte do Brooklyn de seu dormitório, Watts também discutiu sobre trabalhar com a dupla de roteiristas acima mencionados. “Eu ainda não acredito muito”, disse ele sobre ser contratado pela Marvel Studios e Sony Pictures. “Eu ainda estou à espera de alguém me dizer que foi tudo uma brincadeira. Eu não estou realmente certo do que eu fiz para merecer o trabalho, mas estou feliz que tudo do que eu tinha feito.”


Watts continuou, ecoando uma inspiração para o reboot do Homem-Aranha que o Kevin Feige tinha mencionado anteriormente: “A única coisa que todos continuam dizendo é que é uma espécie de versão de John Hughes do Homem-Aranha, que eu acho que é realmente bem legal. Ele está na escola, e as questões que levanta que eu acho que nós não exploramos tanto quanto pudermos. Nos quadrinhos muito dele era sobre como ele manipula sua vida escolar e tentando ser um super-herói. Eu acho que há muito o que fazer lá.” E sobre o John Francis Daley e Jonathan M. Goldstein foram contratados para o script do filme, como os citados acima, Jon Watts, em seguida, discutiu sobre como é colaborar com eles. “Nós estamos apenas começando”, disse ele. “Ainda estamos vendo como vamos fazer isso, mas a Marvel é um lugar muito colaborativo e é Marvel e a Sony, o que é uma dinâmica interessante.”

O filme solo do teioso sai dia 27 de julho de 2017 aqui no Brasil. Mas o personagem aparecerá em Capitão América: Guerra Civil antes!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

E3 2018: As novidades da Microsoft

A companhia de Redmond vem passando vários anos encadeando apresentações extremamente poderosas que, sim, giram em sua grande maioria em torno de anúncios de...

Review: O Dragão Negro de Chris Claremont

Quando os anos 1980 começavam, a Marvel começou a estender seu universo para outros rincões. O selo Epic, Illustrated foi uma destas iniciativas, um...

Crítica | Hereditário

Quando nascemos trazemos uma bagagem para o mundo, em uma mala muito pequena chamada célula, características hereditárias nos acompanham em cada traço de DNA,...

3 motivos para assistir The Marvelous Mrs. Maisel

O que você pode esperar de uma comédia ambientada nos anos 50 e sobre comédia? Dá pra desconfiar e muito de uma história assim....

Mais Notícias