Jai Courtney fala sobre Esquadrão Suicida, Marvel vs DC e sua possível participação no filme do Flash!

Josh Horowitz recentemente sentou-se para conversar com uma das estrelas de Esquadrão Suicida, Jai Courtney (Capitão Bumerangue) e conversaram sobre se o ator ficou surpreso ou não com a resposta negativa dos fãs e críticos ao filme. Dizendo que ele para de ouvir se as coisas ficam “muito barulhenta”, o ator passou a expressar seu desejo de ainda retornar para a franquia:

“Como se agrada a todos? Eu acho que Esquadrão Suicida nunca se destinou a isso, então não há com o que se perturbar, até porque não tem como fazer algo desse tipo sem correr riscos. Eu sei que os gostos de filmes para uma pessoa da minha idade, é bem diferente para uma criança e isto é um grande desafio, e David Ayer fez um trabalho incrível conosco. Com certeza estamos ansiosos para começarmos outro com ele.”

Jai Courtney também comentou sobre as diferenças das duas grandes empresas de super-heróis e a atual rivalidade entre elas:

“Eles tiveram mais tempo pra deixar como está hoje. Tudo está estabelecido e agora não precisam mais descobrir como cada coisa é. Agora é só pegar e juntar todos eles, fazer uma f*cking orgia e faturar um bilhão de dólares!”

Bom, dá para notar que o ator escolheu o lado da DC definitivamente depois das palavras em que ele escolheu usar. Agora voltando novamente sobre seu personagem Capitão Bumerangue, Jai disse o seguinte sobre retornar como o vilão no filme do Flash:

“Isto é um rumor né? Eu gosto deste rumor, gosto muito!”

Pelo visto, não somos os únicos empolgados e querendo o retorno dele!

E vocês? Querem novamente Jai Courtney como Capitão Bumerangue? Comentem!!!

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

E3 2018: As novidades da Microsoft

A companhia de Redmond vem passando vários anos encadeando apresentações extremamente poderosas que, sim, giram em sua grande maioria em torno de anúncios de...

Review: O Dragão Negro de Chris Claremont

Quando os anos 1980 começavam, a Marvel começou a estender seu universo para outros rincões. O selo Epic, Illustrated foi uma destas iniciativas, um...

Crítica | Hereditário

Quando nascemos trazemos uma bagagem para o mundo, em uma mala muito pequena chamada célula, características hereditárias nos acompanham em cada traço de DNA,...

3 motivos para assistir The Marvelous Mrs. Maisel

O que você pode esperar de uma comédia ambientada nos anos 50 e sobre comédia? Dá pra desconfiar e muito de uma história assim....

Mais Notícias