Homem de Ferro 3 foi um filme divertido ( foi? ), mas é considerado um dos piores filmes da Marvel atualmente. Muitos fãs não perdoaram a cagada que fizeram no vilão Mandarim, o que frustrou o desfecho da trilogia do herói!

Durante uma entrevista, o diretor Shane Black admite que, embora ele e Robert Downey Jr. se divertiam nas gravações do filme, houve problemas com o estúdio e os forçaram a alterar certas coisas, especificamente as personagens femininas, que deixaram eles preocupados se teriam um bom rendimento. Black disse que inicialmente tanto Stephanie Szostak Rebecca Hall tinham papéis maiores e que o vilão também seria uma mulher:

” Tudo o que eu vou dizer está no registro: Houve um rascunho inicial do Homem de Ferro 3, onde tivemos um problema já de cara, que era por causa de uma personagem feminino ser o vilão da história, mas que no fim… recebemos uma barrada e tivemos que mudar nossas mentes e o modo de vê-lo, porque após uma consulta, vimos e decidimos que o vilão sendo uma mulher não teria uma boa venda para o brinquedo! “

Como o próprio diretor disse, a ideia original era para que o vilão fosse uma mulher, possivelmente parecido com o personagem Killian, mas o lado financeiro ( e egoísta ) da Marvel cortou esta ideia! O que de fato é uma pena, porque como vimos no ano passado, a personagem Rey de Star Wars: O Despertar da Força, arrebentou nas vendas e muitos consideram ela como a então valorização da mulher como personagem principal, um personagem mais forte e independente, o que vemos com rara frequência nos cinemas, e neste ano, apostam – se em mais personagens assim, como já presenciamos Gal Gadot como Mulher Maravilha e logo logo Margot Robbie como Harley Quinn, que muitos acreditam que roubará as cenas em Esquadrão Suicida!

Mas afinal, será que se o vilão fosse mulher, poderia ter agradado mais aos fãs? Poderia ter mudado em algo? O que vocês acham? Comentem!!!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here