Enquanto muitos fãs argumentaram que o filme não era necessário, as coisas estavam boas para Gambit por um tempo enquanto Rupert Wyatt estava cotado para dirigir, Channing Tatum tinha assinado para estrelar, e o spin-off do X-Men tinha data de lançamento para outubro de 2016. Depois que Wyatt saiu devido a “diferenças criativas”, Doug Liman, do No Limite do Amanhã, assumiu e, infelizmente, também decidiu abandonar o projeto.

Em uma recente entrevista, Liman se sentiu confortável e abriu o jogo do porquê ter saído do projeto:

“Eu procuro uma conexão pessoal com os filmes que faço e isso pode não ser imediatamente de primeira, como por exemplo. qual é a minha conexão com Jason Bourne? Eu tenho uma conexão profundamente pessoal com esse filme porque é tudo sobre o Irã-Contra e meu pai Dirigiu as investigações sobre o Irã-Contra. Em cada história que eu tenho uma conexão pessoal. The Wall, você deve estar pensando “como um cineasta de Nova York pode ter conexões em comum com esses dois soldados presos em Iraque? Mas The Wall é realmente sobre a perseverança. É sobre continuar mantendo suas forças e esperanças e é algo que eu tenho a experiência, não em termos de guerra mas em vivências da vida. Com Gambit eu apenas nunca encontrei essa maneira pessoal, essa conexão então… As vezes não acontece.”

Chris Claremont escreveu o roteiro para Gambit, mas sabemos que Wyatt saiu porque a Fox queria cortar o orçamento, então talvez Liman simplesmente não conseguisse encontrar uma maneira de investir no que restava da ideia original. Podemos nunca saber, mas o cineasta tem suas vistas fixadas na Liga da Justiça Sombria agora, então o destino deste spin-off atualmente permanece desconhecido.

E aí, será que o Gambit vai sair algum dia? O que vocês acham?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here