Diretor de ‘Nosso Lar’ assina adaptação para os cinemas

Considerado o pai da doutrina espírita, Allan Kardec teve sua trajetória contada pelo jornalista Marcel Souto Maior em biografia lançada pela Record em 2013. O livro inspirou o diretor Wagner Assis, de Nosso Lar, a adaptar a trajetória de vida de Kardec para os cinemas. O cartaz do filme, que estreia no dia 16 de maio, inspira a nova capa do livro. Em “Kardec – A biografia,” o jornalista refaz a trajetória do codificador da Doutrina Espírita, que embora nascida na Europa, tem no Brasil sua mais ampla base de fiéis no mundo, com mais de cinco milhões de adeptos e cerca de 30 milhões de simpatizantes.

Com base em minuciosa pesquisa realizada na França e consultas a dezenas de jornais e revistas da época – entre as quais os originais da “Revista Espírita”, publicada mensalmente por Kardec ao longo de 12 anos –, Souto Maior conta a impressionante história de conversão do cético professor Hippolyte Léon Denizard Rivail, aos 53 anos, no missionário Allan Kardec. Sem se filiar a qualquer religião, é com distanciamento de repórter que o autor percorre este território movediço onde “vivos” e “mortos” se encontram. O mesmo território percorrido e investigado por Kardec enquanto buscava explicações para fenômenos misteriosos e polêmicos como as “Mesas Girantes”, testemunhados por multidões na Europa e nos Estados Unidos da época e reverenciados por personalidades respeitadas, como o escritor Victor Hugo.

O longa tem direção de Wagner de Assis (“Nosso Lar”, “Menina Índigo”), que ainda este mês lança com Marcel o livro “Kardec: a história por trás do filme” (Record). No elenco, Leonardo Medeiros é Allan Kardec e Sandra Corveloni (vencedora do prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes) vive sua esposa, Amélie-Gabrielle Boudet. A produção é da Conspiração Filmes.

Marcel Souto Maior é jornalista, autor do best-seller As vidas de Chico Xavier, que deu origem ao filme de Daniel Filho. Sem se filiar a qualquer religião, é com distanciamento de repórter que percorre o território investigado por Allan Kardec na França do século XIX. Iniciou sua pesquisa há 25 anos, quando foi a Uberaba, Minas Gerais, pedir autorização de Chico Xavier – principal discípulo do professor francês no Brasil – para escrever sua biografia. Diretor e roteirista da Rede Globo, participou da criação dos programas Profissão Repórter, com Caco Barcellos, e Na Moral, com Pedro Bial.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet