Livro ‘Um dia vou escrever sobre este lugar’ traz memórias africanas

Em Um dia vou escrever sobre este lugar, Binyavanga Wainaina entrelaça suas memórias de infância, adolescência e vida adulta à história contemporânea do continente africano.

Publicado pela Kapulana, o livro intitulado ‘Um dia vou escrever sobre este lugar’, utiliza referências políticas, da cultura africana e da cultura popular mundial, apresentando ao leitor as constantes transformações acontecidas em países como Quênia, África do Sul, Uganda, Gana e Togo, a partir de seu próprio crescimento e amadurecimento como pessoa e, principalmente, escritor e constante observador do mundo ao seu redor.

O livro contém, ainda, o que o autor considera como um “capítulo perdido” de suas memórias, chamado Mãe, eu sou homossexual, publicado em 2014, três anos após o livro original. No texto, Binyavanga reinventa como teriam sido os últimos momentos de vida de sua mãe se ele tivesse viajado até o Quênia para estar com ela, e lhe contado que é um homem gay.

A edição brasileira apresenta, na orelha, um belo texto de Ellen Oléria, compositora, cantora e ativista política. Conheça o texto aqui.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet