Enfrentando uma aposentadoria forçada pela empresa na qual trabalhou a vida inteira, Roberto Bevilacqua decide mudar: deixa o Brasil e segue para a Itália. Na mala, um plano que parece simples apenas à primeira vista: retomar os estudos de italiano e viver seus últimos anos em Roma – acompanhado de seus remédios e de suas lembranças. Mas, no meio do caminho, alguns fantasmas, uma vizinha, uma lambreta, um milagre televisivo e muitos goles de vinho depois, ele vai redefinir o modo como encara a vida e o amor.

Ambientado em Roma, com toda a sua história e seus milhares de turistas, o livro publicado pela Não-editoraBrava Serena , romance de Eduardo Krause possui uma narrativa ao mesmo tempo envolvente e divertida, falando sobre relacionamentos, experiências, os grandes lugares para se visitar, a culinária local para ser degustada e os vinhos que merecem ser celebrados. Mas, mais do que tudo, é um texto sobre as memórias que não nos deixam e sobre o grande antagonista de todas as trajetórias: o tempo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here