Uma bomba é instalada no transatlântico Buckingham, no dia de sua viagem inaugural pelas águas do Atlântico. O atentado, encomendado por agentes do IRA, tinha por objetivo provocar um estrago irreparável no navio para que a Barrington Shipping, comandada por Emma Clifton, fosse à falência, mesmo que isso custasse a vida de inocentes. Por sorte, os danos são minimizados e Emma e os prioritários do navio conseguem contornar a situação. O jeito é encobrir o acidente, mas isso não impede que alguns passageiros façam perguntas.

As consequências do atentado vão além e Emma precisa lidar com a crise que se instala na diretoria. Os segredos que envolvem o episódio abrem a brecha necessária para que uma velha inimiga da família, Lady Virgínia Fenwick, tente mais uma vez destruir a vida de Emma. Enquanto isso, Harry, seu marido, tem suas próprias preocupações, que surgem quando o que parece uma viagem simples a Moscou para uma palestra literária se torna algo bem mais complicado… e perigoso.  Os livros da série As crônicas de Clifton guardam uma saga familiar que atravessa gerações, levando os leitores às docas da Inglaterra operária, às devastações da Primeira Guerra, às ruas da Nova York dos anos 1940 e à eclosão da Segunda Guerra Mundial.

Jeffrey Archer é nome assíduo nas listas de best-sellers do mundo inteiro. Entre seus romances, destacam-se Falsa Impressão, Filhos da Sorte e O Quarto Poder. Os pecados do pai é o segundo volume de “As crônicas de Clifton”. Considerada a obra mais ambiciosa de Archer em quatro décadas como escritor, a série é uma jornada poderosa que se estende por cem anos de história. Para saber mais, acesse: www.jeffreyarcher.co.uk

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here