Antologia de Juliana Daglio pela Rouxinol traz relatos sombrios

Escondido no meio das ruas mais ermas da cidade do Rio de Janeiro, está um dos mais enigmáticos cemitérios de todo país. Cercado com altos portões de ferro e muros abraçados por trepadeiras que não são cortadas há décadas, estão enterrados os corpos de cidadãos brasileiros cujas vidas foram marcadas por tragédias das quais ninguém quer falar.

Seus coveiros trabalham silenciosos, temerosos de perturbar os espíritos que cercam o local noite e dia; as famílias raramente prestam homenagens ou passam para deixar flores. Ninguém quer lembrar do que houve a essas pessoas. Dramas familiares, abusos, terror físico e espiritual marcaram a vida daqueles que jazem no cemitério São Lázaro. Postumus, publicado pela Rouxinol envolve suspense, mistério e lendas urbanas, e é uma antologia organizada pela escritora avareense Juliana Daglio. Os 26 autores da obra foram os fiéis ouvintes de tais relatos sombrios, sussurrados em seus ouvidos em diversas noites de escrita.

Autores: Ricardo de Jesus, Pedro Almada, Vivianne Sophie, Thaynara Oliveira, Vanessa Nunes, Jeane Tertuliano, Leo Mandotti, Brunna Bezerra Nunes, Soraya Abuchaim, Giovanni Tonussi, Raphael Miguel, Wallas Alexandria, Marina Rodrigues, Marciele Goetzke, Renata Christiny, Barbara Garret, Dayanne Fernandes, Alexandre Braoios, C. David, Bruno Godoi, Rodrigo Ortiz Vinholo, Helô Delgado, Bruna Schiavini, Bettina Winkler, Eduardo Celente, Jéssica Ribeiro, Marcio Muniz.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet