A Idade do Serrote | Livro de Murilo Mendes traz um acerto de contas com o passado

Lançado originalmente em 1968, A idade do serrote reinventa as memórias de um dos mais notáveis poetas brasileiros em uma prosa transgressora, vibrante e bem-humorada.

A Idade do Serrote – A Companhia das Letras, republica este livro que é um acerto de contas com o passado. Nesta livre reelaboração de sua própria história, Murilo Mendes (1901-1975) recupera — com estilo, vasto repertório cultural e renovada curiosidade com o mundo — os personagens e os lugares que marcaram sua infância e juventude em Minas Gerais.

No começo do século XX, Juiz de Fora, em suas palavras, “era um trecho de terra cercado de pianos por todos os lados”.

A vasta galeria de recordações inclui a passagem do cometa Halley, o desejo de “ir do Brasil à China a cavalo”, a rigorosa formação católica, o deslumbre com as sonatas de Mozart e a paixão irreversível pela poesia. A idade do serrote é um acerto de contas com o passado.

O livro inclui ainda posfácios de Carlos Drummond de Andrade, Paulo Rónai e Reinaldo Moraes.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here