Livro de memórias traz as excêntricas aventuras de um físico

Ele recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1965, é considerado um dos dez cientistas mais importantes de todos os tempos e ainda colaborou para o desenvolvimento da disciplina no Brasil. Em seu clássico livro de memórias, Richard Feynman reúne os casos que ajudaram a construir sua trajetória genial e a reputação dentro e fora da área acadêmica. Só pode ser brincadeira, Sr. Feynman! publicado pela Intrínseca em edição especial com capa dura, pintura trilateral, introdução assinada por Bill Gates e tradução de Donaldson M. Garschagen e Renata Guerra.

Entre as muitas histórias inusitadas que o leitor encontrará, destacam-se os diálogos travados com Einstein sobre física atômica, o arrombamento de cofres que continham informações sobre o programa nuclear americano, além de suas concorridas palestras, as estripulias no Carnaval do Brasil e o talento para tocar bongô. Narrador inteligente e bem-humorado, no livro Feynman mostra porque é um dos cientistas mais adorados de sua geração.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here