Livro retrata com ironia a elite russa às vésperas de uma mudança radical

A Companhia das Letras traz Oblómov de Ivan Gontcharóv, é um retrato da aristocracia russa às vésperas do fim da servidão.

Por meio de seu personagem principal, Iliá Ilitch Oblómov, rico senhor de terras que mal sai do sofá e passa os dias de roupão fazendo planos que nunca põe em prática, Gontcharóv idealiza uma resistência passiva aos ideais de produtividade que chegam à Rússia em meados do Século XIX. Apático a ponto de abandonar o trabalho, os amigos e os livros, além de dilapidar o dinheiro da família, o protagonista passa a vida esperando. Sente-se constantemente apavorado com a possibilidade de precisar tomar alguma atitude para participar do mundo real, até o dia que um amigo de infância decide ajudá-lo a conhecer o amor. Publicado em 1859, Oblómov retrata com indulgência e ironia a elite russa às vésperas de uma mudança radical. Esta edição conta com tradução do russo e apresentação de Rubens Figueiredo.

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here