Top Multiverso – 10 Mulheres do Lado Luminoso da Força (Star Wars)

Tivemos um Top 10 com as mulheres do lado negro semana passada, nada mais justo que homenagear as mulheres do lado luminoso, também. Por isso hoje estou trazendo 10 poderosas mulheres que lutaram contra o lado sombrio da força para vocês conhecerem.

Antes de mais nada, não tem Rey. Dei preferência para falar sobre aquelas mulheres que estão em segundo plano, que nem todo mundo conhece e algumas até que só aparecem no antigo Universo expandido de Star Wars, algumas que aparecem na trilogia prequel, mas a maioria nem notou e algumas de Clone Wars. Então vamos lá conhecer 10 mulheres que arrasam no Light side!?

 

1- Aayala Secura

Da raça Twi’lek Rutiana, Aayala foi uma Mestre Jedi nos últimos dias da República, serviu com distinção como General durante as Guerras Clônicas. Foi Padawan sobre a tutela de Quinlan Vos e, mais tarde, de Tholme, professor do próprio Vos. Aayla e Vos sobreviveram a um confronto com o lado sombrio logo no início de seu treinamento Jedi, embora ela mais tarde tenha se mostrado digna de nobreza. Após Aayla ser promovida a Cavaleira Jedi, as Guerras Clônicas iniciaram-se e ela foi um dos muitos que participaram da Batalha de Geonosis. Serviu em várias campanhas, sobrevivendo em batalhas difíceis como as de Hypori e Kamino. Certamente, por todas essas realizações que Aayla foi promovida a Mestre Jedi ainda no início do conflito. Apesar da sua inegável valentia, Secura foi uma das Jedi que não sobreviveu a Ordem 66 em Felucia, mas por ser tão respeitada por suas tropas, eles lhe deram uma morte rápida. Mestre Secura foi lembrada por gerações pelos povos dos mundos que ela ajudou em vida e histórias sobre ela se tornou parte da cultura de muitos deles.

2- Adi Galia

Foi uma Mestre Jedi Tholothiana durante os anos finais da República Galáctica. Gallia era um membro respeitado do Alto Conselho Jedi, fazendo parte dele nos anos que antecederam as Guerras Clônicas, bem como algum tempo no meio deste conflito devastador. Apesar de filha de Corellianos, Mestre Gallia foi marcada por usar um cocar Tholothiano tradicional, sugerindo que ela teve ancestrais do planeta Tholoth. Como uma reverenciada Mestra Jedi do Alto Conselho, Gallia era naturalmente um membro excepcionalmente qualificado da Ordem, que completou diversas tarefas notáveis durante o seu serviço para a galáxia. Ela participou da batalha de abertura das Guerras Clônicas, onde suas ações salvaram inúmeras vidas. Apesar de sua inegável habilidade em combate, Mestre Adi Gallia morreu nas mãos de Nightbrother Savage Opress enquanto lutava junto a Obi-Wan Kenobi em Florrum.

 

3- Luminara Unduli

Serviu à Ordem Jedi durante os últimos dias da Velha República, se tornou Mestre Jedi dez anos antes das Guerras Clonicas, pouco antes ou depois da Invasão de Naboo. Unduli era uma fêmea da espécie humanóide Mirialana, nativa do planeta Mirial. Seu lábio inferior era manchado permanentemente por um preto arroxeado. As suas tatuagens denotavam sua disciplina física. Os olhos eram de um azul intenso, em contraste à sua pele azeitona-colorida. Tinha poder como poucos Jedi. Entre as sete formas de combate com sabre de luz, Unduli usava a Forma III, acreditando que um mestre verdadeiro dessa técnica era invencível. Não somente suas habilidades com sabre de luz eram reconhecidas, mas treinou também habilidades que fizeram seu corpo se tornar flexível, podendo facilmente torcê-lo para evadir de quase todo ataque que não obstruísse com seu sabre de luz verde. Dessa forma, os anos do treinamento intenso transformaram seu corpo em uma verdadeira arma. Pouco antes das Guerras Clônicas, Unduli e Barriss Offee (sua aprendiz), junto com Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker, foram despachados ao mundo menor de Ansion para evitar uma disputa. Unduli continuou usando suas habilidades diplomáticas, sagacidade, rapidez e força na guerra que estava por vir.

4 – Bariss Offee

Foi uma Cavaleira Jedi Mirialana, aprendiz da Mestre Jedi Luminara Unduli e que lutou nas Guerras Clônicas. Barriss Offee foi treinada na Forma de Combate Soresu , e junto com sua Mestre ela defendeu o Templo Jedi de droides da Federação do Comércio durante a Batalha de Coruscant. Unduli fez o exame de Offee nas Cavernas de Cristal Claras de Ilum para terminar seu treinamento. Depois que Offee construiu seu próprio sabre-de-luz, as duas deteram a entrada dos Droides Chamelon que entravam no Templo Jedi . Elas tiveram sucesso em derrotar a metade das centenas dos droides, mas as minas plantadas dos droides destruíram quase todo o Templo. Tiveram que usar todos seus poderes para se manteram vivas e evitar de serem esmagadas pelas corrediças e pelas quedas da rocha que seguiram após a explosão. Unduli e Ofee foram salvas pela Senadora Padmé Amidala . Barriss lutou em diversas batalhas durante as Guerras clônicas e durante esse tempo teve um aprendiz chamado Zonder.

5- Shaak Ti

Foi uma Mestre Jedi da espécie Togruta vinda do planeta Shili. Mestre Ti substituiu a Jedi Yaddle no Alto Conselho Jedi em 26 ABY. Na verdade, Shaak Ti foi um dos últimos membros sobreviventes do Conselho Jedi, servindo antes, durante e depois das Guerras Clônicas. Ela era um membro influente no Conselho Jedi e serviu como General Jedi durante as Guerras Clônicas. Shaak Ti chegou no Templo Jedi ainda bebê. Treinou dois Padawans mas ambos acabam sendo mortos, primeiro um menino e depois uma menina. Shaak Ti foi capaz de escapar da Ordem 66, apesar de estar no Templo Jedi no momento do ataque de Darth Vader. Ela fugiu de Coruscant e viajou de um mundo para outro, até desembarcar em Felucia. Ao longo do caminho, Shaak Ti encontrou a orfã Maris Brood e imediatamente sentiu através da Força que Maris era uma uma alma perdida à beira do lado sombrio. Em Felucia, Shaak treinou Maris para um inevitável confronto com um Sith. Shaak Ti acabou sendo descoberta por Vader, que mandou seu aprendiz Galen Marek para matá-la. Depois de duelarem, Shaak Ti admitiu sua derrota e pulou na boca do Sarlaac.

6- Yaddle

Essa é a Jedi de quem eu mais queria falar hoje aqui. Yaddle foi uma Mestre Jedi de tremendo poder e sabedoria. Serviu o conselho Jedi durante os eventos de A Ameaça Fantasma e foi notável por ter sido a única não-humanóide feminina no Conselho Jedi até esta ocasião e também por pertencer a mesma espécie do imensamente poderoso Mestre Jedi Yoda. Yaddle tinha 477 anos de idade durante a Batalha de Naboo, jovem se comparado aos 900 de Yoda. Ela era especializada na antiga e proibida arte de luta Jedi chamado Morichro, um possível método de matar sem usar o lado sombrio da força, a qual ensinou para poucos padawans, por temer o uso indevido da técnica. Yaddle ensinou o Morichro para Sartohci Ramora, que o usou para eliminar os Geonosianos que o capturaram (antes dele se converter ao Lado Sombrio da Força). Yaddle foi a chefe da Assembleia dos Bibliotecários no Templo Jedi, local onde secretamente teve acesso aos hólocrons proibidos do conhecimento e aprendeu sozinha a arte do Morhichro. Também era incrível com habilidades acrobáticas, uma coisa comum para a sua espécie.

7- Jocasta Nu

Foi uma Humana que serviu à Ordem Jedi nos tempos da Velha República trabalhando como diretora dos Arquivos Jedi por mais de trinta anos. Trabalhou para a República em seus tempos finais, sua sensitividade à Força foi descoberta por um Recrutador Jedi, e logo depois trazida ao Templo Jedi em Coruscant para ser treinada, cresceu no meio de um grupo de Younglings no Templo, concluído seu treinamento coletivo, Nu foi tomada pelo Mestre Jedi desconhecido. Após seu Treinamento Jedi completo, Nu saiu Galáxia afora para procurar Arquivos Jedi para sua querida biblioteca, onde conheceu muitos aprendizes e viveu muitas aventuras. Ao final das Guerras Clônicas, Mestre Nu esperava por todos os outros Jedi no Templo quando a invasão Clone ocorreu, ela se escondeu atrás das portas de seus queridos arquivos, quando o Lorde Sith Darth Vader invadiu a biblioteca, Jocasta Nu se opôs em pronta para defender os arquivos até a morte. Após uma breve discussão, ela levou é atingida no peito pelo sabre de Vader e caiu no chão de sua estimada biblioteca.

8 – Jaina Solo

Era uma Mestre Jedi Humana da Nova Ordem Jedi, membro do Alto Conselho Jedi, esposa de Jagged Fel, a irmã gêmea de Jacen Solo e a irmã mais velha de Anakin Solo. Filha de Han e Leia Organa Solo, ela herdou a aptidão mecânica de seu pai e a sensitividade à Força de sua mãe, resultando em seu treinamento no Praxeum Jedi. Durante seu tempo ali, ela teve muitas aventuras, incluindo ajudar a derrotar o Segundo Império, onde ela ajudou Zekk a abandonar o lado sombrio da Força e se juntar aos Jedi. Quando os Yuuzhan Vong invadiram a galáxia, Solo se juntou às forças armadas da Nova República e se destacou como uma piloto do Esquadrão Rogue. Ela estava constantemente nas linhas de frente das batalhas na Guerra Yuuzhan Vong, ganhando o título de Espada dos Jedi de seu tio, Luke Skywalker. Durante a guerra ela também se tornou romanticamente envolvida com o também piloto Jagged Fel. Apesar disso, a morte de seu irmão Anakin fez com que Jaina caminhasse perigosamente perto do lado sombrio, mas foi redimida com a ajuda de Kyp Durron.  Jaina mata seu irmão gêmeo Jacen, que sucumbiu ao lado sombrio, ficando conhecido como Darth Caedus, em um duelo de sabres de luz a bordo do Destróier Estelar Anakin Solo.

9 – Mara Jade Skywalker

Foi uma Mestre Jedi da espécie Humana, que serviu a Nova Ordem Jedi e a Nova República como um dos membros do Alto Conselho Jedi, antes e depois da Guerra Yuuzhan Vong contra os viajantes de outra galáxia, os Yuuzhan Vong. Durante o Império Galáctico, era uma Mão do Imperador (tipo um agente que realizava missões para Palpatine) ela também era sensitiva à Força, porém não havia recebido o devido treinamento. Durante sua servidão ao Imperador, ele ordenou que ela matasse o Rebelde que havia destruído a Estrela da Morte, Luke Skywalker. Mara descobriu que ele pretendia resgatar Han Solo de Jabba o Hutt e foi para o palácio de Jabba para esperá-lo. Quando a nave de Jabba explodiu, ela já havia ido embora, porém sem cumprir sua missão. Quando o Imperador foi assassinado por Darth Vader, ela viu que sua última ordem ainda devia ser cumprida e partiu para matar Skywalker. Após se encontrarem e lutarem diversas vezes, eles acabaram se apaixonando. Mara foi para a Academia Jedi em Yavin 4 com Luke, pois queria ter um treinamento Jedi. Ela foi treinada por Kyle Katarn. Após completar seu treinamento, ela se casou com Luke. Luke e Mara Jade foram morar em Coruscant e mais tarde tiveram um filho chamado Ben Skywalker. Mara foi assasinada por Darth Caedus (Jacen solo).

10 – Depa Billaba

Era uma Mestre Jedi Chalactana que fez parte do Conselho Jedi durante as Guerras Clônicas. Ela foi Padawan do Mestre Jedi Mace Windu, que havia salvado Billaba de piratas do espaço que haviam matado seus pais quando ela tinha apenas seis meses de vida. Descobriram que Depa era sensível à Força e ela foi levada para o Conselho Jedi em Coruscant. Quando se tornou madura o suficiente, Depa se tornou Padawan de Mace Windu. Ela mostrou dedicação ao seu planeta natal, Chalacta e fez tatuagens com representações de seu planeta em seu nariz. Durante a Batalha de Geonosis, Depa ficou cuidando das crianças no Templo Jedi. Como uma grande usuária de sabre de luz, ela aprendeu a sétima forma de luta com o sabres, sendo uma das únicas três pessoas que praticavam essa arte, o Vaapad ensinada pelo criador do estilo, o Mestre Mace Windu. essa era uma técnica muito difícil de se aprender, visto que o praticante precisava usar um pouco da energia do Lado Sombrio da Força, tendo assim um grande risco do usuário sucumbir a ele. Embora Depa aparentasse ter o domínio da Força, acabou caindo para o lado sombrio. Após retornar ao lado da luz, tentou se matar, o que resultou em um coma. Foi substituida por Obi-Wan Kenobi no Conselho Jedi.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Nova graphic novel da AVEC apresenta um universo que mistura Steampunk, fantasia e Superequipes.

Chega este mês às principais livrarias e lojas especializadas em quadrinhos do Brasil, o novo trabalho do escritor bestseller Felipe Castilho (autor de A Ordem Vermelha: Filhos...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Lançamento de Resgatar o Brasil, de Jessé Souza e Rafael Valim

A Editora Contracorrente e a Boitempo apresenta o lançamento da obra Resgatar o Brasil, coordenada pelos professores Jessé Souza e Rafael Valim, a coletânea confronta, neste momento dramático da história nacional,...

3º Festival de Quadrinhos de Limeira

Para quem esteve presente no ano passado na cidade de Limeira e pôde comparecer no FLIQ 2017 acompanhou dois dias de muita atividade relacionada à...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

Mais Notícias