O terror é um tema complicado, o que para alguns é insuportável de assistir, para outros é tranqüilo e sem muito impacto, o gênero tem diversos exemplares e estilos para perturbar os mais fracos, desde o terror sem limites (e muitas vezes apelando para o gore) exposto na tela até aquele terror psicológico que fica martelando na cabeça por dias após acabar a sessão, se preparem para uma viagem (sangrenta) sem volta ao lado de quem você ama.

1 – O Exorcista (The Exorcist) (1973)

Nada melhor do que começar por um clássico, e O Exorcista é o criador das lendas, todo o pavor que foi retratado na película desde a música tema Tubular Bells do genial Mike Oldfield que cria um clima de tensão absurdo durante o filme até as cenas soturnas e explícitas.  A jovem Regan (Linda Blair) é possuída por uma entidade, e sua mãe sai a procura de todas as formas de ajuda até chegar ao exorcismo de fato que é um dos mais assustadores feitos até hoje, pela qualidade técnica da época foi um triunfo assustador até hoje temido por alguns, perfeito para assistir e se encolher ao lado de quem você gosta.

2 – A Órfã (Orphan) (2009)

Uma premissa inicialmente normal, um casal que perde seu bebê decide adotar uma menina órfã de nove anos de idade, Esther, no início tudo parece como pequenos problemas de adaptação, mas o desenrolar dos acontecimentos mostra um lado perverso da garota e uma reviravolta impressionante para o final, perturbadoras atuações e atitudes nesse recente suspense/terror.

3 – Sobrenatural (Insidious) (2010)

Após sofrer uma queda o filho dos Lamberts parece não acordar de um suposto “coma” e acontecimentos cada vez mais estranhos começam a acontecer pela casa. Com essa sinopse temos um casal perturbado por barulhos, espíritos e vultos em torno do misterioso sono do garoto, após não terem mais alternativas médicas chamam um time de especialistas em fenômenos parapsicológicos para analisar o que vem ocorrendo no local, com um bom clima de terror e bons sustos garantidos.

4 – Hellraiser – Renascido do inferno (1987)

Um clássico atemporal de Clive Barker. Mostrou-nos o profano, a tortura e o gore em nível quase palpável com seu icônico Pinhead e a viagem ao inferno de Hellraiser, perdoando a tecnologia da época e algumas atuações forçadas, esse filme perturba em vários níveis, soturno e assustador como um terror deve ser.

5 – Os Outros (The Others) (2001)

Com uma atmosfera soturna durante todo o filme, uma música com precisão cirúrgica e uma Nicole Kidman que nos entrega um desempenho impressionante como a matriarca de uma família em uma enorme casa escura, um clássico conto de terror que te leva lentamente em uma jornada sem volta. Devido á uma alergia seus filhos ficam sem poder chegar à luz do sol, o que leva a protagonista em uma neurose de não abrir uma porta enquanto não fecha a próxima e todas as cortinas também fechadas.

6 – Devil’s Candy (2015)

Tenso e pesado. Esse filme dirigido pelo mesmo diretor de Entes Queridos mesmo com baixo orçamento nos mostra que com boas atuações e uma ambientação são feitos bons filmes, e aqui temos a prova disso, de início o que parece ser mais um filme de casa mal-assombrada, mostra como pano de fundo um assassino de crianças, satanismo e transes psicóticos do personagem principal enquanto faz suas pinturas aterradoras. Aqui o diabo está nas entrelinhas. Um ótimo filme que ainda não chegou ao Brasil. Com uma trilha sonora para fãs de um bom heavy metal.

7 – A Pele que Habito (La Piel que Habito) (2011)

Aqui temos um exemplo de que o terror não precisa estar explícito na tela todo o tempo, está nas ações, no motivo, no prazer do protagonista. Almodóvar como sempre consegue nos prender e nos chocar ao mesmo tempo em que nos impressiona com sua narrativa do médico vivido por Antonio Banderas e vai aos poucos assustando com as perguntas que nos fazemos, até onde a vingança pode chegar?

8 – Invocação do Mal 1 e 2 (The Conjuring 1 e 2) (2013/2016)

Baseado em fatos, Invocação do Mal trouxe uma reinvenção do terror clássico pelas mãos de James Wan. Acompanhando o casal de investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren em uma sinistra história de assombrações e possessões onde o susto não está em primeiro plano, mas junto com os cenários intercalado com as cenas. O segundo filme trouxe a icônica freira para atormentar as noites e as mentes dos telespectadores que se arriscam a assistir a noite mais um ótimo filme da nova safra do terror.

9 – Baskin (2015)

Vindo da Turquia esse exemplar de terror perturbador nos leva para uma jornada ao inferno quando dois policiais entram em um prédio abandonado para uma investigação e encontram uma porta que os leva diretamente ao encontro de uma missa negra. Muito sangue e tortura nesse filme que é recomendado aos mais fortes de alma e estômago.

10 – Vida (Life) (2017)

Um claustrofóbico thriller de ficção no espaço, com uma ambientação que segue os ensinamentos do mestre Ridlley Scott e o genial Alien: O Oitavo Passageiro. Vida nos entrega um filme também tenso e com um alienígena adaptável à várias situações crescendo numa velocidade impressionante após ser retirado do solo de Marte e a crescente tensão maior do filme que é a de evitar que ele chegue a Terra.

MENÇÕES HONROSAS

Saindo bem rápido do campo dos filmes e citando duas recentes séries que merecem ser assistidas e maratonadas com seu amor

Outcast – Já está em sua segunda temporada e a primeira foi umas das surpresas do ano passado. Do mesmo criador de The Walking Dead, aqui temos um jovem que procura o motivo dele ter perturbações sobrenaturais durante toda sua vida.

The Exorcist – seguindo de perto o clássico filme de 1973, acontecendo 40 anos depois dos fatos do primeiro filme, foi outra grande surpresa do ano passado, conta com a primeira temporada completa e a segunda já confirmada.

E aí o que acharam? Opinem nos comentários mais filmes ou séries para se agarrar com seu amor nesse dia dos namorados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here