Kimetsu No Yaiba (Lamina aniquiladora de demônios) – Demon Slayer – VOL 1 – Critica

Kimetsu No Yaiba (Lamina aniquiladora de demônios) – Demon Slayer – VOL 1 – Critica

O Kimetsu No Yaiba (Lamina aniquiladora de demônios) – Demon Slayer é um mangá do gênero Shonen que foi escrito e ilustrado pela Koyoharu Gotouge, publicado pela Shonen Jump no Japão em fevereiro de 2016 em sua revista semanal, tendo então terminado em maio de 2020, no total de 21 volumes, vendido 25 milhões de copias. E este ano foi publicado pela Panini Comics no Brasil em Março de 2020, atualmente está no volume 8, e serão apenas 21 volumes no Brasil (assim como no Japão).

Mangá no Brasil:

 


O mangá é ambientado no Japão no período Taisho, a história gira em torno do simpático Tanjiro Kamado, como todo Shonen um garoto bondoso, inteligente, dedicado e corajoso, e que vive com sua família em uma montanha e ganha sua vida vendendo carvão, assim como o seu pai. Entretanto, um certo dia nevoso, ele vai na vila próxima para conseguir vender o cesto de carvões, e quando chega a vila, ele muito bondoso, ajuda os cidadãos da cidade, ao voltar ele se depara com a família morta por Onis (demônios), a única que sobrevive é a sua irmã Nezuko.

A Nezuko então se passa a ser um Oni, porém, a Nezuko ainda sente emoções humanas, e o caçador Giyu Tomioka que tentou ataca-la pede para Tanjiro e Nezuko irem até o monte Sagiri, onde vive o então Sakonji Urokodaki que irá treinar o Tanjiro para ser um caçador de demônios.

Imagem do 1° capitulo:

 

O primeiro volume tem 07 capítulos, e como um ótimo Shonen tem um desenvolvimento em seu personagem, o plot na história é interessante, mas nada que seja surpreendente, já que quase todo o Shonen tem uma tragédia para que o personagem se motive e treine para alcançar esse potencial, o diferencial de Demon Slayer que ele mostra os Onis em sua morte tem a sua história e seu sentimento e o Tanjiro entende isso.

Imagem do 1° capitulo:

O ataque de Nezuko:

 

O aparecimento do Tomioka afirma mais ainda que os Onis possuem algum tipo de sentimento e isso vai ser explorado, como todo bom Shonen explora o seus plots a frente.

O aparecimento de Giyu Tomioka:

 

Logo após o Tomioka perceber que há algo diferente em Tanjiro e Nezuko, o mesmo se propõe a ajuda-los e recomenda para o Sakonji Urokodaki, e que poderia ser até o seu sucessor.

Carta ao Sakonji Urokodaki:

 

O treinamento:

 

O desafio:

 

O Demon Slayer tem seus clichês como Shonen, mas cumpre o seu papel. O anime está disponível por enquanto na plataforma Crunchyroll e tem 26 episódios (1° temporada), e em 16 de Outubro de 2020 vai ter o filme (Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba the Movie: Mugen Train). Ainda não temos informações sobre a 2° temporada do anime, a autora Koyoharu Gotouge ainda não definiu, mesmo o mangá já sido finalizado, vamos torcer para ter uma 2° temporada.

 

Nota para o primeiro volume 4,5 de 5.

 

Sobre o autor

Raiannecaroline
Gamer, leitora de livros, HQs e mangás e apaixonada pelo mundo do cinema, jogos e leitura (Geek/Nerd) <3

Leia mais Reviews

Review | O Mal Nosso de Cada Dia, de Donald Ray Pollock

Desta vez a Darkside não decepcionou: O Mal Nosso de Cada Dia de Donald Ray Pollock é um livrão e vale cada linha lida...

Review | Alma Sombria, de Tillie Cole

Alma Sombria, até o momento, é o melhor livro da série Hades Hangmen que já li até o momento. Tillie Cole sabe como construir...

Review | Ayra, de Andy Collins

Ayra, da autora Andy Collins (que é brasileira, por sinal), foi um livro bem aguardado por mim. Ayra foi publicado pela Editora The Gift...

Review | Daqui a Cinco Anos de Rebecca Serle

Daqui a Cinco Anos de Rebecca Serle é um lançamento da Editora Paralela e uma grande aposta para quem curte romances. Mas será que o...

Review | O que Alice Esqueceu, de Liane Moriarty

O Que Alice Esqueceu de Liane Moriarty foi uma grande surpresa para mim. Publicado anteriormente pela Editora Leya com o nome de As Lembranças de Alice,...

Review | O Mal Nosso de Cada Dia, de Donald Ray Pollock

Desta vez a Darkside não decepcionou: O Mal Nosso de Cada Dia de Donald Ray Pollock é um livrão e vale cada linha lida...

Review | Alma Sombria, de Tillie Cole

Alma Sombria, até o momento, é o melhor livro da série Hades Hangmen que já li até o momento. Tillie Cole sabe como construir...

Review | Ayra, de Andy Collins

Ayra, da autora Andy Collins (que é brasileira, por sinal), foi um livro bem aguardado por mim. Ayra foi publicado pela Editora The Gift...

Review | Daqui a Cinco Anos de Rebecca Serle

Daqui a Cinco Anos de Rebecca Serle é um lançamento da Editora Paralela e uma grande aposta para quem curte romances. Mas será que o...