Drops Hype Nº 8 I Marvel Comics – O Mundo da Ficção

Boa noite , amigos do Mundo Hype !!!

Nesta oitava edição do “Drops Hype” vamos falar um pouco do estilo Marvel Comics (aproveitando a comemoração recente de seus 80 anos), de transformar a ficção em realidade.

Lembro de uma matéria publicada na revista “Super Interessante”, que questionava os poderes dos super-heróis e ainda tentava explicar o porquê da impossibilidade dos mesmos.

Foi uma ótima matéria muito rica em informação e dados, explicando por A+B que o Universo Marvel seria impossível de existir na realidade.

Mas aí fica a pergunta: qual fã de quadrinhos se importa com isso?….entendam que não estou desmerecendo a matéria da revista e nem esquecendo o motivo da mesma.

Stan Lee nunca foi um cientista (que eu saiba), mas foi com certeza um homem fora de seu tempo, um mestre do entretenimento e um visionário.

Criou invenções como o Reator Ark, Partículas instáveis, Partículas Pym, Lançadores de teia, Adamantium, Vibranium e inteligências artificiais (entre outras coisas), pois isso sempre foi o carro-chefe da “Casa das Ideias”.

Se fossemos levar à sério Tony Stark nunca teria construído sua primeira armadura dentro de uma caverna, e teria morrido em decorrência dos estilhaços de uma granada alcançarem seu coração (não iria existir a força repulsora).

O Quarteto Fantástico teria morrido no espaço por exposição aos raios cósmicos,que atravessaram a fuselagem do foguete que pilotavam.

O Doutor Destino nunca criaria uma maneira de viajar no tempo na década de 60 e o Doutor Estranho seria um simples mágico de circo.

Peter Parker não iria inventar os lançadores e nem um adesivo tão potente em uma garagem, sendo que até hoje nem a 3M (líder mundial no ramo), conseguiu ir tão longe (e sem esquecer que ele teria morrido por causa da picada da aranha irradiada).

Robert Bruce Banner seria apenas um obituário em um jornal qualquer, relatando sua morte por envenenamento por radiação gama.

O que eu quero com este texto é parabenizar e exaltar a Marvel Comics por ter nos proporcionado um mundo particularmente “nosso”; para todos os fãs de super-heróis no mundo.

Obrigado Stan Lee por ter compartilhado conosco o seu maior tesouro: a sua interminável imaginação.

Excelsior!!!

Eu sou o Paulo Cruz e espero que tenham gostado desta nova edição do “Drops Hype”….até a próxima!!!!

 

 

 

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here