Drops Hype Nº 6 I Guedes Manifesto Produções Editoriais

Bom dia, amigos do Mundo Hype !!!

Hoje vamos falar de material nacional de qualidade!!

Nesta sexta edição do “Drops Hype” vamos conhecer duas edições da Guedes Manifesto Produções Editoriais (que vim a conhecer por intermédio do amigo Roberto Guedes, Diretor e Editor-Chefe); conheçam “Status Comics” e Gibilândia”!!!

Resultado de imagem para capa gibilândia 7

 

“Status Comics” Nº 3 é uma edição focada em quadrinhos de terror, em uma compilação fantástica e abrangente.

Nesta edição nos é apresentada a “nata” do terror e suspense, em publicações do porte de Tumba do Drácula, Vampirella, Kripta entre outros.

Para quem não me conhece, tenho 54 anos bem vividos e com muitas memórias, e ao ler esta edição senti o mesmo “arrepio na espinha” de quando tinha 10 anos (mas agora de satisfação e não de medo…rrsss) ao lembrar do comercial de apresentação da revista “Kripta” (um comercial na época que só era apresentado após as 22:00 horas….simplesmente aterrorizante para um garoto da minha idade).

Esta edição segue uma linha do tempo da publicação de quadrinhos de terror mundial e inclusive o que foi postado em nosso país (muito abrangente e rica em informação).

Conhecemos os tempos áureos e também o declínio das edições, apresentando os autores e desenhistas que participaram do gênero…profissionais de nível elevado como: Bill Gaines, Frank Frazetta, José Ortiz, Harvey Kurtzman, Steve Dikto, Alex Toth, Gene Colan, Neal Adams, entre outros.

A variedade de personagens que ficaram famosos e tem fãs e são utilizados até hoje como: Vampirella, Monstros Clássicos (neste quesito se encaixam Drácula (que acabou de participar de um arco dos Vingadores), Frankenstein (que está inserido no Universo DC) e o Lobisomem (que existe na Marvel a décadas na pele de Jack Russel e ultimamente em John Jamenson, o filho de J. J. Jamenson).

Falando em Marvel e DC, o que não dizer de personagens que já foram transportados para as telas do cinema e tv, dentre eles o Motoqueiro Fantasma, Morbius (que acabou de ser levado às telas de cinema), Monstro do Pântano e John Constantine.

Enfim, uma edição muito bem elaborada e que apresenta informações para quem não conhece e para os saudosistas, uma grata lembrança de tempos mais ricos em materiais de qualidade.

Resultado de imagem para capa da edição gibilândia 7

“Gibilândia’ Nº 7 apresenta histórias curtas e muita informação de personagens como: Conan, Tarzan, Ka-Zar, Doc Savage, Zorro e outros.

Em “O Nascimento da Morte!” o destaque é Jim Starlin (que tem somente Adam Warlock, Thanos e Dreadstar como referências) no roteiro e arte.

O estilo inconfundível e a narrativa espetacular imperam na curta história, mostrando a rebelião de Lúcifer,  a queda do homem e a origem da morte.

Resultado de imagem para quadrinho o nascimento da morte de jim starlin

Já em “Nick Fury encontra Xênia”, é mostrado o antigo Nick Fury (aquele caucasiano com tapa-olho e marrento e não o hoje “endeusado” personagem baseado no ator Samuel L. Jackson), em uma aventura produzida por artistas brasileiros (Renê (roteiro) e Sérgio (arte)…uma raridade de outubro de 1969).

Resultado de imagem para quadrinho nick fury encontra xênia

Os personagens das “novelas pulp” são apresentados logo em seguida e a lembrança é muito recente e até triste, por não ter mais este material editado em nosso país.

Personagens como John Carter (que já virou filme), Tarzan (série sensacional com Ron Ely e animação da Disney), Zorro (série com Guy Willians e animação e filme com Antônio Bandeiras), Buck Rogers (série), Kull, o conquistador (cinema), Doc Savage (filme com Ron Ely), O Sombra (filme com Alec Baldwin), Ka-Zar (que voltou a ficar em evidência na equipe Agentes de Wakanda) e o mais famoso de todos: Conan, o Bárbaro que imortalizou Arnold Schwarzenegger no papel do cimério de bronze e até hoje é sucesso em todas as mídias.

Em “Carnaval”, uma aventura com o personagem Frank Cappa, criado por Manfred Sommer e que se situa no Rio de Janeiro em pleno carnaval.

Resultado de imagem para quadrinho carnaval com frank cappa

E finalmente  em “O Homem com a Barba”, uma história protagonizada por Fidel Castro, que mostra uma imagem totalmente adversa do ditador cubano, que afirmam ser de autoria do grande Stan Lee.

Resultado de imagem para quadrinho o homem com a barba gibilãndia

É muito animador conhecer materiais de um nível tão elevado produzido no Brasil e esperançoso na continuidade destas edições, para que a nova geração conheça e leve adiante o passado editorial.

O trabalho de pesquisa e a escolha das matérias publicadas, é de extremo bom gosto e aceitação (li as duas edições em minutos), e recomendo a leitura e conhecimento desse material….e que venham mais edições futuramente !!!

Eu sou o Paulo Cruz e espero que tenham gostado desta nova edição do “Drops Hype”….até a próxima!!!!
ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here