22 anos depois ter assistido o primeiro Jurassic Park, com meu pai e meu irmão no extinto Cine Palácio em Belém do Pará, tive a oportunidade de ver o novo filme da franquia na sua estreia (como faço de costume nos bons filmes). Lembro que distribuíram álbum de figurinhas na época na entrada do cinema. Mas chega de nostalgia.

Pelo que vi no trailer achava que já sabia de tudo o que ocorreria no filme. Achava que o mesmo seria fraco, mas eu estava totalmente enganado. O trailer não mostra nada. A ilha nublar (a ilha onde se passa o primeiro filme) é o palco de um filme grandioso cheio de easter eggs e nostalgia. Recomendo assistirem o primeiro filme de novo antes. O sonho do fundador John Harmmond enfim se realiza. Um bilionário indiano assume a ilha e inaugura o parque. Os efeitos são de primeira que fazem realmente com que você se sinta dentro do parque e queira estar lá. Realmente é muito melhor que a Disney World. O geneticista Henry Wu (que aparece no primeiro filme na cena da incubadora de Velociraptores) volta aos trabalhos no parque e tem um papel importante no filme. Também temos o ator Vincent D’Onofrio, que interpreta o Rei do Crime na série Daredevil, como sendo um agente da Ingen. Os atores principais Chris Pratt e Bryce Dallas Howard (Senhor das Estelas e Gata Negra respectivamente) dão conta do recado de maneira convincente. Tirando o fato de que ela corre o filme todo de salto alto e não perde a pose! Se no primeiro filme tínhamos as crianças Alex e Tim, esse ano temos os irmãos Zach e Gray que também sofrem (e correm) muito neste filme.

Quanto aos dinos, se no primeiro tivemos foco nos Velociraptores, no segundo foi o T-Rex, no terceiro o Spinossauro, neste temos o Indominus Rex. Um dinossauro modificado com Dna de várias outras espécies de animais e dinos. É quase um Godzilla (só que menor e não solta raio pela boca). Ele realmente vai deixar você com medo e sem fôlego na sala de cinema. Temos
cenas com um Mosassauro (aquele “dino” que vive no mar) ele chama a atenção no filme com certeza. Temos a cena mais Badass do ano com Chris Pratt na moto com espingarda andando de boas com quatro Velociraptores pela floresta. Ah, é explicado o porquê de ele ser quase um “domador” desses dinos.

A batalha final e algo que fará você pular da cadeira, gritar, aplaudir…é diferente de tudo o que viu ate agora no cinema. Esse filme supera e muito as suas expectativas e vale o ingresso. Altamente recomendado tanto para fãs dos dinos quanto para quem procura diversão.
REVER GERAL
Nota
8.5

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here