A temática de filmes e séries de Serial Killers está ficando cada vez mais batida, mesmo assim é um tema que consegue prender muitos telespectadores, incluindo este que vos fala.

Slasher, série produzida em associação entre o canal Canadense, Super Channel e o canal Chiller começou a ser transmitida no dia 4 de Março de 2016 e seu ultimo episódio foi ao ar no dia 15 de Abril de 2015. A série, por enquanto, apresenta 1 temporada composta de 8 episódios, e os planos iniciais são de que ela siga o mesmo modelo de American Horror Story, ou seja, cada temporada trará uma história diferente.
Assim como outras séries do gênero, esta segue um padrão, temos um assassino e só saberemos quem é este no final da temporada, algo que funcionou com a série Scream, por exemplo. A série gira em torno de Sarah, que teve seus pais assassinados na casa para a qual se muda, a partir do momento que Sarah chega na cidade, um imitador do assassino de seus pais, chamado de “O Carrasco” começa a atuar, matando suas vitimas baseado nos 7 pecados capitais (Outro tema batido, mais uma vez), Sarah então resolve pedir ajuda a Tom, o assassino de seus pais. Sarah também recorre a seu marido, Dylan e a seu amigo policial, Cam. Desde o inicio da série já percebemos o quanto Sarah será exaustiva de ser acompanhada, uma personagem chata, por assim se dizer, e que infelizmente, como telespectadores, sabemos que não morrerá tão cedo.Mesmo seguindo as outras séries, Slasher não consegue passar a emoção de descobrirmos quem é o assassino, quando o grande mistério é revelado, infelizmente, não se tem a emoção que é esperada. A série nos apresenta novos personagens a cada episódio e infelizmente, nos episódios que estes são apresentados, eles também são mortos. No final da série temos apenas os personagens que são apresentados no início, ou seja, não temos muitas opções na hora de tentar descobrir quem seria o assassino.

Mesmo com alguns problemas a série não é inteiramente dispensável, temos vários mistérios além de descobrir a identidade do Carrasco. O desaparecimento da jovem Ariel, os motivos pelos quais as pessoas assassinadas foram escolhidas e o porque Tom matou os pais de Sarah, são outros mistérios da série. Provavelmente, foram estes os motivos que me motivaram a terminar a série. Mesmo tendo poucos episódios, se a série tivesse optado por apenas seguir uma única história seria impossível de termina-la.

Com toda a certeza, um dos pontos altas da série, é quando descobrimos o que realmente aconteceu com Ariel, e como grande parte dos personagens estão ligados a seu desaparecimento. Em contrapartida, o ponto mais fraco da temporada é o último episódio, que tem um nível muito baixo de qualidade, comparado com os outros episódios. Sendo neste mesmo episódio que descobrimos o que motivou o assassino, porém, isto tudo poderia ter sido feito no penúltimo episódio sem nenhum problema. O ultimo episódio é o mais longo da temporada e o mais cansativo de se assistir, os únicos 10 minutos que prestam no episódio estão no final, o que faz o episódio ser um peso para quem assiste.

Com alguns furos no roteiro, algumas cenas inúteis, personagens chatos e um ultimo episódio dispensável, Slasher tem ainda um longo caminho para se tornar uma série “perfeita”, mas vale lembrar, que mesmo com tantos erros, a série consegue prender o telespectador e apresentar algumas subtramas boas, o que mostra que os produtores não erraram tão feio na hora de pensarem sobre a série. A segunda temporada ainda não foi confirmada, mas é de se esperar que a série aprenda com seus erros e melhore na próxima temporada.

REVER GERAL
Nota
7.5
Fundador - CEO - Designer - Líder da casa Mundo Hype! Desenvolvedor Front End, Designer e Fotógrafo. Apaixonado por cinema, viciado em séries e colecionador de HQs. Super-Heróis favoritos: Iron Man e Spider-Man.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here