Crítica – Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. – 1° Temporada

Já que falamos sobre Agente Carter nas últimas duas semanas, dessa vez vamos falar sobre outra série da Marvel, Agentes da Shield.

Desenvolvida por Joss Whedon e produzida pela Marvel Studios a série transmitida pelo canal ABC  estreou na TV americana no dia 24 de setembro de 2013 e seu último episódio foi ao ar em 13 de maio de 2014, totalizando 22 episódios. O elenco conta com: Clark Gregg como Phill Coulson, Ming-Na Wen no papel de Melinda May, Brett Dalton como Grant Ward, Elizabeth Henstridge como Jemma Simmons, Iain De Caestecker interpretando Leo Fitz e Chloe Bennet no papel de Skye.

S.H.I.E.L.D, foi o primeiro passo da Marvel nas séries, foi uma tentativa de integrar o  Universo Marvel dos cinemas com a TV. Ela
se passa depois dos eventos ocorridos no Primeiro filme dos Vingadores
de 2012. Conta a história de um grupos de agentes da organização,
comandados por Coulsom para resolver casos que ainda não foram
classificados.

Depois de um episódio piloto sensacional, que faz ligação com o filme Homem de Ferro 3 e aonde Skye é recrutada para o time de agentes, a série ficou muito parada nos
episódios seguintes, o que fez a expectativa dos fãs quanto a ela,
baixar muito. Mas a partir do episódio 8, a série dá uma guinada e volta
ao ritmo que prometeu no primeiro episódio. Tivemos a aparição de
aparição da Lady Sif, ela veio para terra atrás de Lorelei, uma
feiticeira de Asgard e recebe ajuda da equipe de Coulsom para
captura-lá.

Outros momentos importantes são a aparição de Mike Peterson (que foi a peça chave do episódio piloto), criando um caminho para ele se tornar o ciborgue Deathlok e de Victoria Hand, nos quadrinhos ela era o braço direito de Norman Osborn, quando o
mesmo assumiu o comando da S.H.I.E.L.D., e depois de regenerada, passou a
ser uma espécie de secretária dos Vingadores, indicada pelo próprio
Capitão América.

A conexão entra a origem de Skye com a retorno de Coulson, instigando pistas
sobre Os Krees, que são uma raça alienígena também foi muito interessante. Tivemos uma grande surpresa relacionada com o Agente Garret, totalmente inesperada pelos fãs. E as participações de Nick Furry (Samuel L. Jackson) e Maria Hill (Cobie Smulders) que fizeram com que a audiência da série aumentasse. Não podemos esquecer dele é claro, Stan Lee, que fez uma aparição no episódio 13. Confiram abaixo esse trecho:

Apesar dos seus altos e baixos a primeira temporada de Agentes da Shield foi muito boa, referências ao universo cinematográfico são mostradas em vários momentos. Fora que a série trouxe consigo toda a qualidade do cinema, incluindo efeitos especiais. As cenas de luta corporal são realistas e é possível captar o envolvimento dos atores com seus personagens.

E semana que vem tem mais Agentes da Shield com o Levando a série da 2° temporada.

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Crítica | Castle Rock (1ª Temporada)

Sem muito alarde Castle Rock chega ao fim depois de uma temporada tecnicamente muito bem executada, e pode ser que passe despercebida já que...

Demolidor | Tudo o que já sabemos sobre a 3ª temporada

Cego desde pequeno, Matt Murdock luta contra a injustiça durante o dia nos tribunais como advogado e à noite nas ruas de Hell’s Kitchen...

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Destroyer | Nicole Kidman Completamente Irreconhecível em Novo Trailer

Em muitos filmes, os atores/atrizes passam por um demorado e intenso processo de maquiagem e estudo do personagem para atingir o objetivo, seja ele...

Mais Notícias

Você não está conectado à internet