Crítica – House of Cards (1ª Temporada)

Salve pessoas!

Venho aqui em mais uma humilde review trazer uma serie, que em minha singela opinião é uma obra prima da Netflix, House of Cards.

A serie de drama politica norte americana, onde temos como protagonista Frank Underwood (Kevin Spacey) um deputado ambicioso e sem escrúpulos e acompanharemos sua trajetória até o topo do poder público, o cargo de presidente, auxiliado por sua mulher Clarie Underwood (Robin Wright) que é tão ambiciosa quanto.

A serie se destaca por sua incrível produção e roteiro, por ser uma serie produzida por um canal de Streaming é de se surpreender pela qualidade, chegando a se equiparar com produções de grandes canais de TV. Pessoalmente a Netflix até agora não decepcionou em nenhuma serie, em termos de produção, claro alguns podem ter não gostado de algumas series em si, mas não a como negar a qualidade das mesmas.

Em House of Cards um ponto fortíssimo da obra são seus personagens e as atuações, o próprio Frank Underwood não é simplesmente Kevin Spacey fazendo papel de político e sim um personagem bem montado e com sus próprias manias, brilhantemente interpretado por Spacey, diversas vezes durante o decorrer da obra você verá Frank batendo nas coisas duas vezes, falando baixo e lento, sabendo como agir em certas situações e nunca demonstrar estar abalado perante um problema. Outro personagem que também tem destaque é sua mulher Clarie Underwood que ao longo da 1° Temp. percebemos ser farinha do mesmo saco de Frank, você percebe o quanto os dois se amam e que foram feitos um para o outro por conta dos seus métodos e ambições. E também serem o casal mais liberam que eu já vi.

A trama da obra é outro destaque, o enredo é muito bem montado e redondo, ele não enrola nas conclusões e além de tudo você verá as formas mais sujas que os políticos atuam, não quero me alonga para não dar spoiler então assistam. Eu simplesmente amo o jeito dos Underwood, frios, calculistas, não demonstra fraquezas… Apesar de muitos amigos meus querendo ver Frank preso eu quero mais ele se de bem, mais ou menos como a respeito que eu tinha pelo Walter White em Breaking Bad. Além de mostrar bem o cotidiano em Washington como lobistas, projetos de lei e votações (Mais compra de votos no caso).

Outra coisa que eu não poderia deixar de falar é a quebra da 4° parede, para quem desconhece no teatro existem 3 paredes (Os lados e o Fundo) a 4° é a plateia, constantemente na serie Frank conversa com o publico e são momentos de ouro porque são nesses momentos que ele conta suas reais intenções, na minha opinião só torna mais rica a serie.

Se eu tivesse que destacar um ponto negativo da serie, serie por ela se aprofundar muito em política, mas ao meu ver sem ser de uma maneira que o publico leigo entenda, ninguém é obrigado a gostar da esfera política claro, deve pelo menos saber coisas básicas se não quer se aprofundar, já vi algumas criticas e até concordo que por exemplo na 2° Temp. a politicagem chegar a ficar maçante e se você não prestar bem atenção não pega o ritmo da conversa entre dois congressistas. Mas nada que vai estragar a qualidade da obra, apensa um ponto negativo que eu posso destacar, porque eu por outro lado adoro política então não me importo.

Bom galera vai mais uma recomendação de uma obra fantástica e altamente recomendada, espero que curtam o post e incentivem a verem a serie.

ANÚNCIO

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

Animais Fantásticos e Onde Habitam 2 | Assista ao primeiro trailer

Cadê os Potterhead dessa casa? Estão preparados de verdade? Saiu, finalmente, o tão esperado trailer da continuação de Animais Fantásticos e Onde Habitam.Jude Law faz...

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Os 5 melhores filmes com Keanu Reeves

Quem não conhece Keanu Reeves? Um dos maiores astros da indústria do cinema, aquele que doou milhões para a equipe de Matrix, alegando já...

Marcelo D’Salete abre exposição no Museu Afro Brasil

Ganhador do prêmio Jabuti 2018 na categoria História em Quadrinhos por Angola Janga, o artista plástico e quadrinista Marcelo D'Salete inaugura a exposição Marcelo...

Você não está conectado à internet