Crítica – Blindspot

Saudações Multiverso! Como você já viu por aqui, este é o Levando a Série, espaço do

Multiverso News destinado a discutir um pouquinho acerca do universo ocupado
pelas nossas queridas séries. Você já acompanhou por aqui dramas, comédias,
suspenses, policiais, seriados nacionais, spin-offs, enfim, de tudo um pouco
(veja AQUI a lista do que já saiu no Levando a Série). Hoje vamos inovar um
pouco. Afinal, todos os seriados que já passaram por aqui tratam-se de tramas
que inegavelmente já conquistaram seu lugar ao Sol, independentemente de quais
sejam seus públicos destinados. Se você já é um leitor assíduo do Multiverso
News, você viu há aproximadamente um mês atrás nossa análise sobre a Fall
Season 2015
, período que as emissoras escolhem para lançarem seus seriados
novos, além de iniciarem as bastantes esperadas novas temporadas dos seriados
já bem-sucedidos (se você não viu encontre AQUI). Pois bem, uma de nossas
apostas que fizemos para os seriados debutantes foi Blindspot. Acertamos em
cheio. Boa leitura.

Blindspot (Sem spoilers)

      Uma mulher acorda dentro de uma bolsa gigante no Times Square, em plena cidade de
Nova York. Estranho. Ela está sem roupa, e cada parte de seu corpo com exceção
do rosto está coberta por tatuagens. Duplamente estranho. Ela não se lembra de
nada do que aconteceu, nem de seu passado, até mesmo de seu nome. Triplamente
estranho.

 

     Somente o curto parágrafo anterior já seria bem suficiente para produzir uma estória
que se mostrasse interessante e que pudesse prender nossa atenção. Porém, como
se não bastasse, cada uma das inúmeras tatuagens que são encontradas em seu
corpo se mostram chaves e pistas de que possa existir uma conspiração que a
princípio não nos permite estimar seu real tamanho. Eis o mistério, e o grande
pilar do seriado, diga-se de passagem.
    Blindspot é uma produção da emissora estadunidense NBC, chegou às telinhas americanas no dia 21 de setembro (embora seu piloto tenha vazado umas semanas antes), e graças ao ótimo trabalho que a Warner Channel vem fazendo, podemos estar acompanhando com apenas uma semana de atraso.
O mais interessante se dá quando uma de suas tatuagens chama
mais atenção: no meio de suas costas encontra-se, em letras garrafais, o nome
de um dos agentes do FBI. Como aquilo foi parar lá e qual sua relação com a
estranha moça, o tal agente não faz a mínima ideia, muito menos quem está
assistindo. Esse é um dos pontos fortes da série, ela faz quem está assistindo
se questionar a todo tempo, sempre aquela atmosfera de mistério no ar.

 

        Um dos pontos “extra-série” que merecem ser destacados é sua
audiência, quase dez milhões de pessoas acompanharam o episódio piloto da série,
e parece que aprovaram, pois a audiência só vem aumentando a cada novo
episódio. O sucesso foi tamanho, que ela já é considerada como a primeira
grande estreia que já merece o título de queridinha do público, tanto que é a
primeira (e até então única) que já encomendou novos episódios para a
temporada, e a que mais demonstra grandes chances de que mais temporadas vêm
por aí.

 

 

       No mais, falar de uma série nova (que até agora transmitiu não mais que cinco
episódios) pode ser no mínimo perigoso e imprudente. Sempre há o perigo de
perder o rumo e tudo não passar de fogo de palha, mas acredito que o primeiro
passo para qualquer obra se tornar um sucesso já foi dado por Blindspot, tais como
enredos envolventes, personagens cativantes, elenco talentoso (você já deve ter
visto a atriz principal no mundo de Thor) e o fato de chamar a atenção. Além
disso, em uma obra atual, sempre precisamos tomar cuidado com os spoilers, com
isso somado aos ainda poucos episódios disponíveis, não sobra muito material
para servir de referência para a tomada de decisão se vamos acompanhar ou não.
Tendo isso em vista, meu conselho é que se você não se convenceu com esse post
nem com os milhões de espectadores que a série já acumulou, dê uma chance pelo
menos ao episódio piloto. Acredito que há grande chance de ser fisgado por esse
novo mundo. Aproveite enquanto ainda está no início, não faz muito tempo que eu
encontrei na grade de programação da Warner ainda o primeiro episódio sendo
reprisado. Se você não possui acesso a tv fechada, acredito que vale a pena
baixar, em minha opinião esta é a série mais promissora desta temporada.

 

       Fala multiversista! Queremos saber sua opinião. Você acompanha a série? O que achou dela? Gostou? Não gostou? Conta pra gente.
Sugestões, como sempre, serão muito bem-vindas. Um abraço, e até a próxima.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

SDCC 2018 | DC apresenta detalhes de ‘Batman: Three Jokers’ de Geoff Johns

No painel da DC Comics na Comic-Con em San Diego, Geoff Johns fala mais de Batman: Three Jokers, sua próxima minissérie ilustrada por Jason Fabok. A minissérie terá três...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

Crítica | Hereditário

Quando nascemos trazemos uma bagagem para o mundo, em uma mala muito pequena chamada célula, características hereditárias nos acompanham em cada traço de DNA,...

Marvel anuncia o extermínio dos X-Men

Parece que este semestre a Casa das Ideias veio com tudo. Alguns eventos são anunciados para julho, como o Infinity Wars e o Death...

Mais Notícias