Crítica | A Bruxa de Blair (2016)

Reportagem por Nelson Nascimento

Na tarde de hoje, a equipe do Mundo Hype teve acesso a vídeos exclusivos que lançam novas informações sobre o misterioso sumiço da jovem estudante de cinema Heather e sua equipe formada também por Joshua e Michael. A garota desapareceu enquanto gravava um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair em uma floresta no estado de Maryland, EUA. Novas informações vieram à tona com o aparecimento de novas gravações, desta vez feitas pelo seu irmão James, juntamente com alguns amigos, que buscavam desvendar toda a verdade.

O vídeo, que foi compilado pelo diretor Adam Wingard, lança alguma luz sobre este caso que desde 1999 vem intrigando a muitos. Desta vez, James, juntamente com a jovem cineasta Lisa e seus amigos Peter e Ashley, possuíam mais aparelhos de gravação, o que permitiu uma edição que mostrasse mais pontos de vista de uma mesma ação. É importante notar, entretanto, que o diretor montou as cenas em uma aparente ordem cronológica, dando ao expectador a possibilidade de tirar as próprias conclusões de o quê pode ter ocorrido com Heather, e agora com estes novos jovens, também desaparecidos.

O que mais chama a atenção nos vídeos está no constante medo que os jovens demonstram de situações que cada vez mais mostram-se estranhas. Um embargo policial impediu a reportagem dar mais detalhes do conteúdo das gravações, mas o que podemos atestar em primeira mão é que a floresta, amaldiçoada ou não, exala uma certa maldade. As cores das copas das arvores, constantemente mortas, a ausência de animais de grande porte, a presença de nativos… tudo ali parece corroborar para o clima de mistério. Alguns cortes feitos pelo diretor parecem feitos para dar mais dinamismo à compilação. Ainda assim, a gravação manteve diversos momentos em que os jovens levam sustos por coisas bizarras. A gravação caseira, realizada com aparelhos amadores, atrapalha muitas vezes em entender o que realmente está ocorrendo. E isso apenas deixa as coisas mais assustadoras, já que constantemente temos que lidar com os gritos aterradores e os rostos mortificados de quem está passando por uma experiência medonha.

Blair Witch 2016A fita contém alguns momentos perturbadores. Se algum dia a polícia resolver libera-la para o público geral, peço que prestem especial atenção à todas as informações de lendas locais trazidas pelos nativos Lane e Talia. É como se eles estivessem querendo alertar a todos nós que certas situações do passado são tão únicas que seus resultados reverberam para toda a eternidade. É realmente mais um capítulo bizarro para esta que é uma das lendas urbanas mais famosas da internet. E você, acredita na lenda da bruxa de Blair?

ANÚNCIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet