Crítica | Upload (1ª temporada)

Upload chega ao Amazon Prime Video como uma nova aposta de comédia para o serviço de streaming, criada por Greg Daniels a mente por trás de The Office, Parks & Recreation e Space Force, a série se passa em  um futuro onde quando um indivíduo morre a sua consciência (diante de uma grande quantia de dinheiro) pode ser upada em realidades virtuais e assim a ideia de se viver em um paraíso eterno se torna possível.

Upload  apresenta um futuro onde tecnologias de realidade virtual são o que move de certa maneira a sociedade, é  então que  conhecemos Nathan Brown (Robbie Amell de the Flash) um programador que morre misteriosamente em um acidente de carro e sua consciência é transportada para um desses “paraísos virtuais” de alto padrão chamado Lakeview, tudo isso bancado por sua namorada Ingrid Kannerman (Allegra Edwards de Friends from college). Durante o processo de adaptação Nathan conhece Nora (Andy Allo de Chicago Fire ) que é uma funcionária da terra que o ajuda a na transição formando assim uma espécie de triângulo amoroso.

Robbie Amell em Upload.

Difícil não remeter a série com um dos episódios mais marcantes de Black Mirror, San Junipero ou The Good Place, apesar de em The Good Place ser realmente o paraíso, a interação é bem parecida sendo que a personagem de Andy Allo funciona como uma espécie de Janet que o ajuda a explicar o universo e suas condições. Mas as comparações param por aí, se The Good Place tinha discussões sobre filosofia e livre arbítrio Upload apesar de tentar não consegue se aprofundar em nenhum dos seus assuntos: o roteiro chega a falar de relacionamento abusivo, consumismo, a discussão moral sobre um paraíso virtual que  pode ser comprado, sobre desigualdade social, a própria  ideia de se viver para sempre, mas tudo de maneira superficial e inconsistente.

Andy Allo e Zainab Johnso

Talvez o maior trunfo seja o esforço do elenco, Robbie Amell é carismático na pele de Nathan e o triângulo amoroso criado entre ele com as personagens de Allegra Edwards e Andy Allo se desenrola bem durante a temporada, a química entre Amell e Allo é inegavél. Outra relação que interessante de se ver é de Nora com seu pai, mesmo que mostrada em poucos momentos há uma cumplicidade entre eles que é tocante. Durante os episódios também se desenrola uma espécie de trama de espionagem industrial mesmo que tardia ajuda no desenvolvimento da série.

Amell e Allo em Upload.

A primeira temporada de Upload talvez soe como um desperdício de boas oportunidades, mesmo com  crítica ao consumismo recorrente durante toda a temporada talvez não agrade muito a quem é familiarizado com os antigos trabalhos de Greg Daniels. Já confirmada para uma segunda temporada é esperado que a série desenvolva melhor suas várias tramas iniciadas durante o primeiro ano. Apesar de todos seus problemas de desenvolvimento a série não deixa de ser divertida e uma boa pedida de um entretenimento escapista nesse momento de quarentena.

ASSISTA AO TRAILER:

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA DE 13 REASONS WHY

Sobre o autor

Crítica | Volver

Ainda que lançado em 2006, Volver do diretor Pedro Almodóvar é um filme que se faz bastante atual e necessário quando se trata de...

Crítica | American Horror Story – 1ª Temporada

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Algumas semanas atrás vi uma notícia falando sobre a série de terror "American Horror Story (conhecida por muitos...

Crítica | O Grito: Origens

Em 2000 Ju-On se apresentou como um dos filmes mais aterradores da primeira onda do novo horror japonês, que mais tarde seria catalogado como...

Crítica | Lassie: A Força do Coração (1943)

A Lassie é um daqueles animais icônicos do cinema, para quem não lembra o belo exemplar da raça Rough Collie foi heroína de muitos filmes...

Crítica I O Chamado da Floresta

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Todos sabem que "minha praia" são os quadrinhos (principalmente os de super-heróis), mas de tempos em tempos um...

Crítica | Volver

Ainda que lançado em 2006, Volver do diretor Pedro Almodóvar é um filme que se faz bastante atual e necessário quando se trata de...

Crítica | American Horror Story – 1ª Temporada

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Algumas semanas atrás vi uma notícia falando sobre a série de terror "American Horror Story (conhecida por muitos...

Crítica | O Grito: Origens

Em 2000 Ju-On se apresentou como um dos filmes mais aterradores da primeira onda do novo horror japonês, que mais tarde seria catalogado como...

Crítica | Lassie: A Força do Coração (1943)

A Lassie é um daqueles animais icônicos do cinema, para quem não lembra o belo exemplar da raça Rough Collie foi heroína de muitos filmes...