Critica | Remédio Amargo

Remédio Amargo é o novo filme de suspense espanhol a entrar no catálogo da Netflix e ontem já se encontrava em 10o lugar entre os filmes mais vistos no serviço de streaming.

Depois de títulos como Um Contratempo e Depois da Tormenta, a gente se acostumou a ser surpreendido pelos filmes espanhóis de maneira positiva.

Mario Casas é Angel, o paramédico de Remédio Amargo
Mario Casas é Angel, o paramédico de Remédio Amargo

Aqui ainda temos mais um chamariz que é a presença do ator Mario Casas, que protagonizou Um Contratempo, que na minha opinião é o melhor filme de suspense do catálogo da Netflix.

Porém tanto histórico e expectativa só fizeram minha decepção ser maior ainda.

Remédio Amargo é um filme extremamente frágil e por vezes até inverossímil, que somente se deixa assistir.

Mario Casas é um cara estranho que trabalha como paramédico em uma ambulância fazendo resgates durante a noite para pessoas que sofrem acidentes de carro, até que um dia ele sofre um acidente e fica paraplégico.

O seu relacionamento com a esposa já não ia muito bem, pois ela não conseguia engravidar, e após o acidente isso só piora, até ele começar a achar que ela o está traindo.

Para mim o primeiro problema do filme foi a química zero do casal principal.

O casal sem química de Remédio Amargo
O casal sem química de Remédio Amargo

Ok, o filme deseja mostrar que o Angel é um cara meio abusivo, mas desde o começo eu me perguntei o que os dois faziam juntos, pois ninguém ali parecia estar afim daquela companhia.

Preso em uma cadeira de rodas e sem aceitar aquela situação, seu nível de ciúmes só aumenta e ele começa a espionar sua esposa.

Porém quando a moça decide tomar uma atitude, o rapaz decide que ela é a mulher da sua vida e faz um plano para não a perder jamais.

E vem ai o segundo grande problema do filme: Angel faz o que quer sem nada que o ameace.

E fica difícil de comprar a estória.

O plano dele é tão eficaz, que um simples telefonema poderia por tudo a perder, mas ok, como já estamos com a TV ligada vamos seguindo a estória e acreditando que aquele rapaz na cadeira de rodas consegue fazer tudo aquilo.

A gente simplesmente sabe o que vai acontecer em muitos momentos, tipo com o cachorro, com o velhinho, e isso tira a graça do filme, pois parece que estamos ticando itens numa lista de clichês.

O filme segue com diversos clichês até um final completamente estapafúrdio.

Vi resenhas dizendo que o final é uma vingança da mulher. Eu não acredito que ela perderia tempo com isso, então achei tudo mais desnecessário ainda.

O bom é que o filme é curto.

Semana que vem já esqueci o que assisti.

E você já viu este filme? Curtiu?

O que achou daquele final? Empoderador ou inverossímil?

Deixe sua opinião nos comentários, pois realmente fiquei curioso em saber o efeito que este final trouxe para as pessoas.

E se você curtiu esta resenha, temos muitas outras clicando aqui.

Fique com a gente e nos indique para seus amigos que curtem cultura hype!

 

 

Sobre o autor

Leia mais Críticas

Crítica | American Horror Story – 8ª Temporada

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sétima temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | Ratched – 1ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Em mais uma caçada de um bom filme ou série na Netflix, acabei por encontrar uma série que...

Crítica | The Boys – 1ª temporada

The Boys é uma série disponível na Amazon Prime. A história da série é baseada nos quadrinhos de mesmo nome, criada por Garth Ennis...

Crítica I Get on Up – A História de James Brown

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Já se passou mais de um mês do falecimento de Chadwick-Boseman, e as homenagens prestadas à sua pessoa...

Crítica | American Horror Story – 7ª Temporada

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sexta temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | American Horror Story – 8ª Temporada

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sétima temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | Ratched – 1ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Em mais uma caçada de um bom filme ou série na Netflix, acabei por encontrar uma série que...

Crítica | The Boys – 1ª temporada

The Boys é uma série disponível na Amazon Prime. A história da série é baseada nos quadrinhos de mesmo nome, criada por Garth Ennis...

Crítica I Get on Up – A História de James Brown

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Já se passou mais de um mês do falecimento de Chadwick-Boseman, e as homenagens prestadas à sua pessoa...