Crítica I The Old Guard

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype.

The Old Guard” estreou ontem na Netflix, e como é um filme baseado em quadrinhos do talentoso Greg Rucka (Batman, Wolverine, Elektra…entre outros), lá vou eu conferir e mandar a minha singela opinião….vamos lá?

De início vamos à parte técnica:

Sinopse: Em The Old Guard, Andy (Charlize Theron) e seus companheiros formam um grupo de soldados que possuem a inestimável virtude da vida eterna. Eles vivem através dos anos oferecendo seus serviços como mercenários para aqueles que podem pagar, se passando como seres humanos comuns dentre os demais. No entanto, tudo muda com a descoberta de que existe uma outra imortal que atua como fuzileira naval.

Elenco: Charlize Theron (Andy), Kiki Lane (Nile Freeman), Matthias Schoenaerts (Sebatian Le Livre), Marwan Kenzari (Joe), Luca Marinelli (Nicky), Chiwetel Ejiofor (Copley), Harry Melling (Merrick), Ngô Thanh Vân (Quynh)…e outros.

Como visto acima na sinopse, Andy e outros imortais vivem até os dias de hoje oferecendo seus serviços como mercenários, mas com o intuito de livrar o mundo de vilões e males e agindo especificamente em alvos que podem mudar o rumo da história (um objetivo bem sacado, que se centraliza no personagem Copley (Chiwetel Ejiofor), com suas pesquisas de “possíveis possibilidades” da existências dos imortais no decorrer de momentos marcantes da história e que resultaram em benefícios para a humanidade).

Uma aventura com um roteiro nem tanto fantástico e até mesmo previsível, em se tratando de filmes baseados em quadrinhos (personagens com poderes fantásticos que vivem nas sombras do anonimato, com o intuito de fazer o bem sem medir esforços para este fim; de imediato me veio à mente a X-Force e o Authority).

O elenco está bem sincronizado e especialmente nas cenas de ação, é nítido o trabalho em conjunto da equipe ( e em particular Charlize Theron apresenta um espetáculo em interpretação e beleza).

O ponto que desmerece o filme é a atuação e imagem do vilão Merrick (Harry Melling), que não me passou a impressão de vilania, e sim a de um garoto rico e mimado sempre fazendo o que quer por ter dinheiro.

Sem dar spoiller ficou o “gancho” para que possa acontecer uma continuação, por ter ficado uma ponta solta proposital na trama (mas que será muito bem vinda, se mantiverem o elenco e equipe).

 

Espero que gostem de mais uma pequena e rara “intrusão” nas críticas de cinema e séries, mas quando as plataformas de streaming acertam a mão como neste filme, devemos compartilhar a experiência positiva como formadores de opiniões que somos.

Sobre o autor

Leia mais Críticas

Crítica | American Horror Story – 8ª Temporada

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sétima temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | Ratched – 1ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Em mais uma caçada de um bom filme ou série na Netflix, acabei por encontrar uma série que...

Crítica | The Boys – 1ª temporada

The Boys é uma série disponível na Amazon Prime. A história da série é baseada nos quadrinhos de mesmo nome, criada por Garth Ennis...

Crítica I Get on Up – A História de James Brown

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Já se passou mais de um mês do falecimento de Chadwick-Boseman, e as homenagens prestadas à sua pessoa...

Crítica | American Horror Story – 7ª Temporada

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sexta temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | American Horror Story – 8ª Temporada

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da sétima temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | Ratched – 1ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Em mais uma caçada de um bom filme ou série na Netflix, acabei por encontrar uma série que...

Crítica | The Boys – 1ª temporada

The Boys é uma série disponível na Amazon Prime. A história da série é baseada nos quadrinhos de mesmo nome, criada por Garth Ennis...

Crítica I Get on Up – A História de James Brown

Bom dia aos amigos do Mundo Hype. Já se passou mais de um mês do falecimento de Chadwick-Boseman, e as homenagens prestadas à sua pessoa...