Quando escutamos sobre uma continuação de alguma franquia rapidamente remetemos isso há algo negativo, Highlander 2, Sexta Feira 13 a maioria dos filmes, Karatê Kid 2, 3… Pois se gostamos muita do primeiro projeto temos muito medo dos produtores erarem a mão nas continuações visando somente o dinheiro. salvo algumas exceções como Exterminador do Futuro 2 ou Poderoso Chefão 2 e 3, o histórico de continuações que foram decrescendo com o passar do tempo é bem grande. Eis que vai a pergunta será que precisávamos mesmo de um “Rocky 7”?

Stallone tinha encerrado tão bem a vida do personagem com Rocky Balboa, o sexto filme franquia, e pra mim um dos melhores, então quando é anunciado o retorno de Sly como Rocky novamente uma mistura de medo com ansiedade toma conta dos fãs, que muitos pelo o que eu vi não esperavam muito do filme e foram surpreendidos do começo ao fim, me incluo nessa, pois acho interessantíssimo como os Rockys usam o boxe como uma metáfora para a vida e as nossas batalhas e sempre relembrando que nosso maior inimigo somos nós mesmos.

Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu seu ilustre pai, o ex-campeão dos pesos pesados de boxe do mundo, Apollo Creed que morreu no ringue antes do seu nascimento. Adonis vai para a Filadélfia para obter ajuda com o lendário Rocky Balboa (Sylvester Stallone) campeão que não só conseguiu vencer Apollo no ringue, mas também foi seu melhor amigo.

Uma das grandes façanhas de Creed foi não usar tudo que a franquia dos filme de Rocky construiu até aqui como muleta, o filme tem seu próprio ritmo e história ele não fica sendo simplesmente uma cópia dos anteriores, claro possui muitas referências e tem mesma fórmula, mas não se prende a elas. Isso foi uma grande vitória dos produtores e do diretor, eles pegaram tudo de bom que os filmes tinham e atualizaram tudo pros dias de hoje, com outros personagens e um outro enredo.

Pra quem pensou que seria mais um filme do Stallone se enganou, Michael B. Jordan está muito bem como protagonista, o ator realmente incorporou o personagem e o boxe, deu para ver claramente o esforço dele para interpretar Adonis, um menino revoltado que tenta se manter afastado da sombra do pai e trilhar seu próprio caminho. Além de belas cenas na internet de Michael B. Jordan aprendendo a ser nocauteado pro filme. Palmas pelo bom trabalho.

Mas não teve jeito Sly roubou muitas cenas, apesar da obra não depender só dele para que se desenrole a trama, ele aqui está em uma das suas melhores atuações, muito merecida sua indicação para o Oscar. Rocky agora totalmente aposentado e ciente da sua citação, nem chega mais perto do boxe e  reconhece que a idade enfim chegou. Aprendeu com o tempo que o melhor seria finalmente repousar. Sua química com Adonis funciona perfeitamente, agora sendo um Mickey ou Apollo, para o filho de seu melhor amigo Rocky assume um novo papel, o do Mestre. Um destaque para o dialogo dele com Adonis em que ele relembra de Adrian, lágrimas brotaram nesse momento.

Outro ponto positivo do filme é a direção, Ryan Coogler faz um excelente trabalho, com ótimos takes com a câmera fechada em alguns momentos em que foca no rotos dos lutadores, te passado todo aquele ar de sufoco e a pressão que eles sentem antes das lutas e para uma maravilhosa segunda luta toda em plano sequencia, é de ficar maravilhado, toda segunda luta é filmada em dois round sem nenhum corte da câmera. Uma dica para vocês que forem assistir ao filme prestem bem atenção nos tipos de filmagem de cada luta, são muito interessantes.

A soundtrack também não deixou nem um pouco a desejar, você logo pensa em como ele poderiam se igualar ou até superar as trilhas icônicas de Rocky, pois é ele não fazem isso, eles simplesmente transformam e atualizam muito da trilha sonora do filme, ficou uma coisa muito urbano e empolgante ao mesmo tempo, deram um realismo tremendo para a maioria das cenas do filme. E se você está se perguntando se Gonna Fly Now ia aparecer se prepare, é um momento tão sútil e bem colocado no filme que é de se aplaudir.

Enfim Creed – Nascido Para Lutar é um filmaço não deixando nada a desejar para os fãs da franquia como eu, um excelente trilha sonora, direção, produção, atuações (com destaque para o Stallone) entre outros muitos elogios que posso tecer aqui. Eles acertaram em cheio nesse Spin Off, Então faça um favor a si mesmo e vá ver.

REVER GERAL
Nota
9
COMPARTILHAR
Fundador - CEO - Designer - Líder da casa Mundo Hype! Desenvolvedor Front End, Designer e Fotógrafo. Apaixonado por cinema, viciado em séries e colecionador de HQs. Super-Heróis favoritos: Iron Man e Spider-Man.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here