Crítica | American Horror Story – 3ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype.

Como disse nos comentários finais da segunda temporada de “American Horror Story” (ou AHS como é mais conhecida), continuo assistindo as temporadas restantes e como tivemos bons resultados do review, vamos falar da terceira temporada intitulada “Coven”…..vamos lá?

De início vamos à parte técnica:

Sinopse: American Horror Story: Coven é a terceira temporada da série de televisão American Horror Story. Estreou em 9 de outubro de 2013 (nos Estados Unidos) e terminou em 29 de janeiro de 2014.

Coven segue a trama histórica e lúdica de bruxas que buscam sobreviver e resistir a extinção da espécie que ao passar dos anos tende a diminuir. A temporada se passa em Nova Orleans (Luisiana), também trazendo ao enredo o tema da escravidão nos Estados Unidos.

Elenco: Jessica Lange (Fiona Goode), Sarah Paulson (Cordelia Foxx), Lily Rabe (Misty Day), Evan Peters (Kyle Spencer), Taissa Farmiga (Zoe Benson), Frances Conroy (Myrtle Snow), Emma Roberts (Madison Montgomery), Denis O’Hare (Spalding), Kathy Bates (Delphine LaLaurie), Angela Bassett (Marie Leveau), Stevie Nicks (como ela mesma !!)…entre outros.

A terceira temporada tem como assunto principal o racismo e o preconceito ao desconhecido (neste quesito se encaixam as Bruxas de Salem), e as remanescentes que conseguiram escapar da extinção, ainda correm perigo.

Por este motivo, jovens garotas bruxas seguem para uma escola especial aberta em Nova Orleans, com o objetivo de aprender novas formas de proteção. Uma das novas alunas é a recém-chegada Zoe (Taissa Farmiga).

Fiona (a líder conhecida como “Suprema”) retorna para a cidade determinada a proteger o grupo das bruxas e ao mesmo tempo com um objetivo obscuro em mente. A temporada possui elementos espirituais e relacionados com feitiçaria, incluindo caça às bruxas, feiticeiras, zumbis e vodu.

Um dos pontos fortes desta temporada é ter levado muito à sério o tema…explico: a disputa pelo poder entre as bruxas para subir até o topo da magia negra e se tornar a soberana entre a espécie.

Mesmo sendo filha da personagem Fiona (Jessica Lange), a personagem Cordélia (Sarah Paulson) não é a favorita da mesma e nem tem vantagem genética na disputa (deixando em aberto a chance de todas as bruxas da escola terem chance para tornar-se a “Suprema”).

Menções honrosas para Kathy Bates (como a Madame Delphine Lalaurie) que mostra uma personagem verdadeira, que tinha o prazer de torturar os escravos de sua fazenda das maneiras mais terríveis possíveis (se você acha que ela era ruim em “Louca Obssessão”, vai se espantar com a atriz nesta temporada).

O ponto que destoa é uma cena “chupada” de “Evil Dead” (até mesmo a atriz Taissa Farmiga se mostrou totalmente fora do clima à lá “Bruce Campbell”).

Já estou na quarta temporada e o clima assustador e o roteiro bem “amarrado”, continuam presentes. Menção honrosa para o “Trio de sustentação” das três primeiras temporadas: Jessica Lange (malvada e cínica ao extremo), Sarah Paulson (mostrando facilidade extrema para qualquer tipo de papel) e Evan Peters (que vive na maior parte do tempo das temporadas totalmente “ensanguentado”).

Eu fico por aqui….eu sou o Paulo Cruz e te convido a continuar nos seguindo…a galera do mundo Hype está mandando bem nas postagens…..fui !!!!

Sobre o autor

Leia mais Críticas

Crítica | Tudo bem não ser normal

Tudo bem não ser normal é uma série coreana - conhecido como dorama - que foge das histórias convencionais típicas do gênero. Essa série...

Critica | Remédio Amargo

Remédio Amargo é o novo filme de suspense espanhol a entrar no catálogo da Netflix e ontem já se encontrava em 10o lugar entre...

Crítica | American Horror Story – 6ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da quinta temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica I Origens Secretas

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Pense em um filme baseado no mundo dos quadrinhos, até certo ponto previsível, mas que diverte e mantém...

Crítica | American Horror Story – 5ª Temporada

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da quarta temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica | Tudo bem não ser normal

Tudo bem não ser normal é uma série coreana - conhecido como dorama - que foge das histórias convencionais típicas do gênero. Essa série...

Critica | Remédio Amargo

Remédio Amargo é o novo filme de suspense espanhol a entrar no catálogo da Netflix e ontem já se encontrava em 10o lugar entre...

Crítica | American Horror Story – 6ª Temporada

Boa noite aos amigos do Mundo Hype. Como disse nos comentários finais da quinta temporada de "American Horror Story" (ou AHS como é mais conhecida),...

Crítica I Origens Secretas

Boa tarde aos amigos do Mundo Hype. Pense em um filme baseado no mundo dos quadrinhos, até certo ponto previsível, mas que diverte e mantém...