Ao longo da história da DC Comics, muitos personagens morreram, embora muitos desses personagens tiveram a chance de voltar e foram alterados drasticamente devido as suas experiências de morte ou quase morte. Nos quadrinhos, nenhum personagem está realmente seguro da morte. As vezes, isso acontece nas mãos de um vilão ou acontece nas mãos de um aliado.

Algumas dessas mortes de super-heróis na DC deixaram uma impressão duradoura nos fãs de quadrinhos, principalmente por causa da brutalidade envolvida. Certo, talvez essas páginas da DC não fossem tão violentas quanto as imagens de Negan atacando o crânio de Glenn em The Walking Dead, mas ainda são violentas o suficiente para que os fãs falem sobre elas anos depois de acontecerem.

Confira!

7. Jason Todd morto pelo Coringa

Um dos super-heróis menos apreciados na história recente é Jason Todd, que assumiu o manto de Robin depois que Dick Grayson tornou-se membro dos Jovens Titãs. Então, quando a DC perguntou aos fãs através de uma pesquisa telefônica para decidir o destino de Jason, os fãs votaram para que ele fosse morto. A DC fez exatamente isso na história “Morte em Família” do Batman.

Jason foi espancado brutalmente com um pé-de-cabra usado pelo Coringa. Como se não bastasse: Coringa também plantou uma bomba, deixando o jovem rapaz para terminar de morrer na explosão. Dessa vez era tarde demais para Batman tentar salvá-lo, o que deixou o Cavaleiro das Trevas convencido de que ele nunca deveria ter um parceiro de combate ao crime novamente.

6. Rorschach desintegrado pelo Dr. Manhattan

O quadrinho Watchmen está cheia de violência gráfica, então encontrar uma morte brutal nessa obra é muito fácil. E é o assassinato de Rorschach pelo Dr. Manhattan que a maioria dos fãs lembram mais.

Nos quadrinhos, Veidt enviou um monstro alienígena para destruir Nova York, levando a humanidade a cancelar suas guerras e enfrentar essa maior ameaça de fora da Terra. Tudo isso faz parte do plano de Veidt para acabar com a guerra e levar a humanidade a uma utopia. Os membros de Watchmen sabiam disso e, apesar de seu choque, eles decidiram manter essa informação secreta, apoiando a ideia de uma humanidade unida.

Rorschach, no entanto, sabia que sua consciência poderia guiá-lo para expor a verdade, então ele foi ao Dr. Manhattan. Assim, o Dr. Manhattan desintegrou Rorschach para proteger o segredo.

5. Superman morto pelo Apocalypse

Talvez a morte mais chocante em toda a história da DC Comics tenha ocorrido em 1992, quando a empresa lançou a história “A Morte do Superman“.

Superman foi atrás do Apocalypse para enfrenta-lo e salvar o mundo, porque é o que ele faz, mas logo percebeu que o vilão era quase indestrutível: mas no final ele foi derrotado com um golpe brutal de Apocalypse. Superman deu o seu melhor na batalha, no entanto, no final ele conseguiu derrotar o vilão. Mas Superman pagou um preço caro para salvar o mundo: as feridas que ele sofreu na luta foram severas e levaram a sua morte.

Após a sua morte, todos os seus amigos se reuniram em um funeral para o homenagear, mas, felizmente, a morte não conseguiu mante-lo por muito tempo. Superman finalmente retornou porque o mundo precisava dele.

4. Assassinato do Caçador de Marte

Em Crise Final #1, o Caçado de Marte é atacado pelo vilão Libra que recebeu instruções de Flama Humana para matar J’onn J’onzz. Libra esfaqueou o super-herói com uma lança na frente da Sociedade Secreta dos Super-Vilões. A morte de J’onn transformou-o novamente em sua verdadeira forma marciana. Antes de morrer, ele enviou uma mensagem à Liga da Justiça. A Liga da Justiça realizou um funeral para J’onn em Marte, onde Superman o elogiou.

3. Canário Negro morta pelo Superman

Quando se trata de brutalidade, Injustice: Gods Among Us provavelmente contém mais violência que qualquer outro título da DC Comics. Afinal, é o que acontece quando você coloca super-herói contra super-herói. Mas o Superman é especialmente o mais violento nessa série e é responsável pela morte de vários personagens.

Um desses personagens que conheceu a morte pelas mãos do Superman é a Canário Negro. Usando sua visão laser, Superman corta a barriga da Canário Negro. Claro que isso provavelmente tem algo a ver com o anel amarelo do Sinestro, o que o deixou um pouco louco. O que é ainda pior, Canário Negro estava grávida do bebê do Arqueiro Verde, então o Superman também matou seu filho. Isso é realmente brutal!

2. Morte da Supergirl

As coisas ficaram um pouco confusas para DC Comics depois que introduziu o conceito de múltiplas terras. Para limpar um pouco desse caos, a empresa decidiu lançar o arco “Crises nas Infinitas Terras” que eliminou todas as terras extras e trouxe a continuidade da história de volta à Terra original.

Na Terra original, havia apenas um Kryptoniano, então este novo arco de história significava que a Supergirl tinha que sair de cena, junto com os outros Kryptonianos que se apresentaram com ela. Supergirl lutou contra o Antimonitor, que a atacou com golpes de altas doses de energia. Ela continuou lutando, até que um golpe letal a derrotou, sacrificou sua vida pelo seu primo, Superman, e morreu em seus braços.

A morte de Supergirl foi uma das primeiras mortes de super-heróis de alto perfil em quadrinhos.

1. Batman morto pelo Darkseid

Crise Final apresentou ao mundo um novo vilão, que se revelou praticamente imparável. Este supervilão era Darkseid, um “novo deus” que criou muito caos e violência ao longo do arco da história.

Em Crise Final #6, Batman durante todo o tempo que permaneceu preso ficou em um lugar de onde não poderia fugir, submetido a um projeto que tinha a intenção de cloná-lo. Darkseid pretendia criar um exército de Batmans, mas os clones não eram capazes de suportar todo o estresse do herói, surpreendendo os cientistas de Darkseid que não entenderam como ele suportava. Ao fim, consegue converter o programa que clonava suas memórias a ajudá-lo e acorda, partindo para derrotar Darkseid. Batman conta ao vilão que guardara a bala que matou Orion e a dispara contra Darkseid ferindo-o mortalmente. Mas no mesmo momento é atingido pelo Raio Omega de Darkseid.

Embora parecia uma morte brutal na época, Batman na verdade não estava morto, mas teletransportado de volta aos tempos pré-históricos. O corpo que se considerava dele era apenas um clone.

Há outras mortes brutais nos quadrinhos da DC Comics que você conhece? Deixe nos comentários!

COMPARTILHAR
Fundador - CEO - Designer - Líder da casa Mundo Hype! Desenvolvedor Front End, Designer e Fotógrafo. Apaixonado por cinema, viciado em séries e colecionador de HQs. Super-Heróis favoritos: Iron Man e Spider-Man.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here