Saiba Mais Sobre a Aliança Rebelde e o Império Galáctico

Faltando apenas um dia (poucas horas na verdade) para a estréia de Rogue one, vou finalizar nossos posts sobre o filme falando um pouco sobre a aliança rebelde e sobre o império galáctico.

Aliança Rebelde

A Aliança para Restauração da República, comumente conhecida como Aliança Rebelde, Aliança ou Rebelião, foi um movimento de resistência formado por Bail Organa e Mon Mothma para opor a ordem do Império Galáctico. Teve sua formação a partir de uma série de chamadas rebeldes, incluindo a tripulação do Fantasma e a chamada rebelde Fênix. A Aliança nasceu dos restos da Ordem Jedi com o apoio dos membros renegados do Senado Imperial tais como Bail Organa e mais tarde, sua filha, Princesa Leia Organa. Fundado e unido por Organa, os rebeldes contaram com a ajuda de diversos Jedi sobreviventes, como Ahsoka Tano, Kanan Jarrus, seu Padawan, Ezra Bridger e, posteriormente, Luke Skywalker.

Aos Rebeldes juntaram-se centenas de pilotos, soldados, técnicos e oficiais que desejavam ver o Império cair. Enquanto isso, Bail Organa e sua filha, a Princesa Leia Organa, ajudavam em segredo a Aliança mantendo suas posições no Senado. Em uma dessas ações clandestinas, a Princesa Leia conseguiu os planos da Estrela da Morte, uma perigosa super-arma capaz de vaporizar um planeta inteiro. Darth Vader, o aprendiz Sith do Imperador, perseguiu e capturou Leia, mas a princesa já havia colocado em ação os eventos que garantiriam que os planos da Estrela da Morte chegassem à Aliança Rebelde.

Império Galáctico

O Império Galáctico, também conhecido como a Nova Ordem, o Primeiro Império Galáctico ou simplesmente o Império, era o governo que subiu ao poder ao fim das Guerras Clônicas, substituindo a República Galáctica. A autoridade central residia em Darth Sidious, publicamente conhecido como o Imperador Galáctico Palpatine, que também era o Lorde Negro dos Sith. Por quase duas décadas, o corpo legislativo foi o Senado Imperial, mas ele foi dissolvido pelo Imperador poucos dias antes da Batalha de Yavin. Durante o reino do Império, inúmeros sistemas estelares foram conquistados e atos dissidentes foram brutalmente esmagados pelo Exército e Marinha Imperiais em rápida expansão. O Império também supervisou a quase exterminação dos Jedi, com a destruição do Templo Jedi em Coruscant e sua transformação no recém-reformado Palácio Imperial.

Para fortalecer ainda mais a sua posição, Palpatine cercou-se de lacaios poderosos, incluindo o Lorde Sith, Darth Vader. Desta forma, Palpatine finalmente conseguiu abolir o Senado Imperial, permitindo a seus leais Moffs comandar partes do seu domínio como governadores regionais. Os Stormtroopers, soldados anónimos totalmente leais ao Imperador, tornaram-se tropas de choque e de polícia em mundos rebeldes. Sistemas inteiros foram pressionados a obedecer ao Império pelos grandes Cruzadores Imperiais, Super Cruzadores Imperiais e estações orbitais de batalha construídos pelas forças Imperiais. As mais poderosas foram as Estrelas da Morte, super-armas móveis capazes de destruir planetas inteiros. O Império começou a enfraquecer após a Batalha de Yavin, quando as forças da Aliança Rebelde conseguiram destruir a Estrela da Morte I. As forças Imperiais conseguiram uma breve vingança na Batalha de Hoth, mas a força combinada dos Rebeldes pôs um fim ao Imperador Palpatine e ao seu governo na Batalha de Endor.

Com essa série de posts focados em Rogue One: Um História Star Wars aqui do Multiverso News, com certeza dá para ir um pouco mais preparado para o cinema. E a nossa equipe deseja a vocês um ótimo filme!

Dependemos do apoio de leitores como você para ajudar a manter nossa redação sem fins lucrativos forte e independente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Você não está conectado à internet