Não tem como negar que a Rede Manchete fazia a alegria da criançada dos aos 80/90 e é por isso que eu sempre falo dela por aqui. Além de todos os animes que o canal nos proporcionou, foi através da Manchete que os Tokusatus também se popularizaram. Então hoje vou falar sobre um dos mais famosos Heróis japoneses do gênero e tenho certeza que esse todo mundo conhece.

Jaspion, no original: Kyojuu Tokusou Jaspion, traduzido como – Investigador de Monstros Jaspion e lançado no Brasil como: O Fantástico Jaspion. É uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu, pertencente à franquia dos Metal Heroes (foi uma franquia de séries de televisão da produtora japonesa Toei Company. A premissa básica era um jovem que usava uma armadura metálica de última geração para combater uma organização maligna que ameaçasse a paz na Terra). A série foi exibida originalmente entre 15 de março de 1985 e 24 de março de 1986 pela TV Asahi, totalizando 46 episódios. Foi estrelada pelo ator e dublê Hikaru Kurosaki. No Brasil, foi transmitida pela Rede Manchete a partir de 22 de Fevereiro de 1988 juntamente com Changeman, que chegavam no programa Clube da Criança, comandado por Angélica até meados de 1991. Já entre agosto de 1994 até dezembro de 1995, com reprises em 1996 foi exibida pela Rede Record, continuando a manter ótimos índices de audiência. Posteriormente, em 1997, foi transmitida pela CNT Gazeta.

No planeta Edin, uma estrela a muitos anos-luz de distância da Terra, o profeta Edin encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial no planeta, acidente no qual seus pais morreram. Acreditando nas profecias da Bíblia Galáctica, a qual preceituava que um guerreiro celestial salvaria a galáxia e o universo das forças do mal, Edin crê ser este o garoto predestinado a se tornar o lendário guerreiro. Ele adota o menino e o cria sozinho, dando-lhe o nome de Jaspion, na esperança de que, algum dia, o garoto venha a combater as ameaças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.

Anos mais tarde, já adolescente, Jaspion aprende sobre seu destino, e aceita de seu “pai” os equipamentos que seu mentor construiu para auxiliá-lo. Entre os artefatos, estão a armadura Metaltex, feita do metal mais resistente do universo (metal Ejinium); a andróide Anri, que passa a ser sua companheira na jornada, e a nave espacial Daileon, que tem o poder de transformar-se em um poderoso robô gigante. Sua missão é encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss. Após algumas aventuras em planetas desconhecidos (num deles tendo resgatado a alienígena Miya, que é adotada e passa a acompanhar ambos), Jaspion e Anri chegam à Terra, alvo do maligno Satan Goss e seu filho MacGaren, que torna-se o rival do herói. Aqui, ganham novos aliados, como Boomerman (Boomerang, no original), o professor Nambara, e seus filhos, Kanoko e Kenta.

Daileon foi um nome que ficou tão conhecido quanto o do protagonista por aqui. A nave-mãe de Jaspion onde também ficam guardados os outros veículos do herói e que quando necessário, assuma a forma de robô para enfrentar os monstros de Satan Goss (e o próprio, em alguns episódios). O nome completo do robô era Chou Wakusei Sentou Hokan Daileon (Super Nave-Mãe de Combate Interplanetário Daileon, no Brasil mais conhecido pela consagrada tradução Gigante Guerreiro Daileon).

No Japão, Jaspion obteve índices oficiais de 11.8% de audiência, ficando na quarta colocação durante toda década de 1980. Em sua terra natal, Jaspion obteve índices muito superiores aos demais tokusatsus. Já aqui na nossa terrinha em seu auge, Jaspion obteve os maiores índices de audiência da história da TV Manchete. Pelo enorme número de seguidores no Brasil, cuja população é a quinta maior do planeta, Jaspion invariavelmente continua sendo uma das séries tokusatsu com maior número de fãs em todo o mundo. Em razão desta enorme popularidade, o personagem-título tornou-se o protótipo do herói japonês no país, imagem que se mantém até os dias atuais.

Então para matar a saudade, termino o Relembrando Animes de hoje com a abertura de Jaspion:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here