Olá amigos do multiverso! Na sequência do Especial Literatura no Cinema, apresentamos “Memórias Póstumas de Brás Cubas”. O longa, baseado na obra do excepcional Machado de Assis, narra uma história no mínimo, inusitada: um morto conta sua história de trás para frente, ou seja, da morte ao nascimento, fugindo completamente do marasmo e da ortodoxia.

Cínico, narra, entre outras coisas, o dinheiro que deixou para um rapaz para que esse proferisse palavras solenes em seu velório; fala também dos amores, das decepções, dos “estudos”, das “quase conquistas” e de seu vislumbre da bela Virgínia, cujo amor foi de altos e baixos, totalmente insano (Distribuição Europa Filmes).

O defunto-autor se destaca, no ápice de sua ironia, em meio a paisagens belíssimas de um Rio de Janeiro antigo. O elenco conta com Reginaldo Faria (Cazuza, O Tempo Não Para), Sônia Braga (O Beijo da Mulher Aranha), Petrônio Gontijo (Os Dez Mandamentos, O Filme), Marcos Caruso (O Escaravelho do Diabo) e grande elenco.

Dirigido por André Klotzel (Reflexões de Um Liquidificador), “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, é um retrato de uma das obras mais importantes da história de nossa literatura, recomendo! Até a próxima semana e bom deleite!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here