Quem é Mark Waid?

Hoje apresentarei Mark Waid, um dos grandes roteiristas e um dos mais aclamados por suas histórias.

Nascido no dia 21 de março de 1962 no Alabama, o roteirista americano é conhecido pelos seus trabalhos com a DC como Flash, Reino do Amanhã e Superman: Direito de nascer. E com seu trabalho em Capitão América para a Marvel. A partir agosto de 2007 até dezembro de 2010 trabalhou como editor chefe da Boom! Studios onde escreveu: Irredomável, Icorruptível e O Viajante.
Waid entrou pros quadrinhos no meio dos anos 80 na Fantagraphics Books numa revista de fans de quadrinhos. Mas seu primeiro quadrinho de super heroi foi Superman em “The Puzzle of the Purloined Fortress” com 8 paginas publicado na Action Comics #572 em outubro de 1985.

Em 1987 Waid se tornou editos na DC Comics e trabalhou com titulos tais como Origens secretas, Legião de Super Heróis, Patrulha Doom, Action Comics, Infinity Inc e Mulher-Maravilha, assim como outras tiragens como Batman: Gotham by Gaslight e com o escritor Brian Augustyn Waid Co-criou a franquia da DC “Elseworlds“. Em 1989 Waid deixou a DC para trabalhar como freelancer e em 1992 ele volta a parceria com Brian Augustyn para começar a trabalhar em “The Flash” no qual escreveu a série Metamorfo em 1993 e em junho de 94 Mark criou o personagem Impulso que foi inserido nas series em 1995.

Já na Marvel Waid fez parte de um de seus grandes projetos “A Era do Apocalipse” e mais tarde criou o “Massacre“.
Durante um tempo Waid cuidou de Capitão América e fez parte do apoio criativo de “Heróis Renascem” entre 96 e 97.
E depois de rejeitar ma proposta de Rob Liefeld, Waid voltou a trabalhar com Capitão América em Sentinela da Liberdade de 1998 a 1999.

Em 1996 Waid em co-operação com Ross produziram a Graphic Novel Reino do Amanhã que também deu origem a uma minisérie da Dc chamada “The Kingdom”.
Em 2000 em cooperação com Morrison, Waid iniciou um projeto para reestruturar a Liga da Justiça e restabelecer para a proeminência com JLA: Ano Um e também JLA: Escada para o céu.

Em 2002 Waid começou uma fase aclamada de Quarteto Fantástico com a colaboração de Mike Wieringo até maio de 2005.
Em 2003 Mark Waid reinventou o Superman com o título de Superman: Direito de Nascer, o que foi mencionado para ser o inicio da história em Homem de Aço o filme e trouxe elementos importantes tambem para a série SmallVille.
Já em dezembro de 2004 ele retorna para escrever a Legião de Super Heróis terminando em 2007, sendo que nesse meio tempo Waid escreveu parte dos Novos 52 com Grant Morrison, Geoff Johns, Greg Rucka, and Keith Giffen. 
Subsequente a isso Waid se tornou parte do time creativo de Homem Atanha em “The Amazing Spider-Man” e tambem escreveu uma mini série de Dr. Estranho.
Em 2011 ele relançou Demolidor do qual ganhou um Eisner em 2012 e em novembro de 2012 Waid trabalhou em O incrível Hulk com  Leinil Francis Yu.
Em 2014 ele lançou a serie Demolidor e Hulk e logo depois introduziu vários personagens para a série de TV Agentes da Shield.

Curiosidade: Mark Waid tem sua propria Comic BookStore em Muncie, Indiana chamada Aw yeah Comics.


Confira alguns de seus trabalhos:





DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

+ Lidas da Semana

11 séries de época para se apaixonar

Todo mundo tem uma preferência de narrativa quando procura uma série para ver. Existem séries para os amantes de ficção científica, séries de fantasia, policial,...

Review: O Dragão Negro de Chris Claremont

Quando os anos 1980 começavam, a Marvel começou a estender seu universo para outros rincões. O selo Epic, Illustrated foi uma destas iniciativas, um...

Relembrando Animes – US Manga

Hoje o Relembrando animes vai ser um pouquinho diferente... Ao invés de falar sobre animes os tokusatsus, vou falar sobre um programa de TV....

SDCC 2018 | DC Comics anuncia quatro novas animações para 2019

A DC Comics, entre os diversos anúncios da San Diego Comic-Con, revela quatro novas animações para o ano que vem. Após anunciar os filmes...

Manto e Adaga

Duas crianças perdidas, duas vidas cheia de esperança interrompidas pelo tráfico de drogas, mas do fim o novo começo... Das trevas ela é a...

Mais Notícias