Quem é John Byrne?

Hoje vamos falar um pouco de John Lindley Byrne nascido em 6 de julho de 1950 na Inglaterra o escritor e artista de revistas em quadrinhos americanas trabalhou com praticamente todos os personagens americanos conhecidos desde 1970.
Byrne vivia com a avó até os 8 anos quando se mudou para o Canadá.

Seu primeiro encontro com a Marvel Comics foi em 1962 com historias de Jack Kirby e Stan Lee com Quarteto Fantástico, no qual Kirby e Neal Adams tiveram grande influencia em seus trabalhos. E o próprio Byrne mencionou que naquela época a Marvel fazia trabalhos que a DC ainda não tinha alcançado.

E 1970 Byrne fez Faculdade na Alberta College of Art and Design e durante este tempo criou um super herói de paródia chamado Gay Guy para o jornal da faculdade, no qual discursava sobre o estereótipo da homossexualidade entre os estudantes. Saiu da faculdade em 1973 sem se graduar (Byrne é o primeiro rebelde sem calça dos anos 70 nas comics).
E logo depois se tornou parceiro de Chris Claremont nas HQs de x-men com seu primeiro trabalho de team-up na revista #53.

Em dezembro de 1977, Chris assumiu com Byrne a reviste The Uncanny X-men #108 dos quais deram origem a sagas como “Dias de um futuro Esquecido”, “A Saga da Fênix Negra” e “Proteus’.
Notavelmente A Saga da Fênix Negra e para Byrne e Claremnt o que a trilogia de Galactus é para Stan e Kirby.
Byrne cuidou dos X-men até 1981 onde tomou conta de quarteto Fantastico de 1981 a 1986 com coautoria em outros trabalhos como Alpha Flight em 1983 e também co-escreveu Indiana Jones.
Já em 1986 Byrne foi para a DC para trabalhar com Superman e Batman até 1994, mas também teve trabalhos na Marvel com vingadores da Costa Oeste em 1989, Mulher Hulk em 1985 com Jane participando brevemente do Quarteto Fantástico. Em abril de 1990 tomou conta de Namor o príncipe submarino e entre julho de 1990 a fevereiro de 1992 cuidou de Homem de Ferro.
Entre 1990 a 94 também fez trabalhos autorais que foram impressos pela dark horse. E de 1992 a 1998 fez vários trabalhos para a DC com diversos heróis voltando em 1998 até 2006 a cuidar de X-men na Marvel.
Em 2011 escreveu uma história de Jurassic park e em 2012-2013 fez minisséries.

Curiosidades: Em 2008 entro para o Hall da Fama Canadense e em 2015 entrou para o Hall da Fama de Will Eisner junto com Frank Miller e Claremont.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here